Icelandic Airlines é a primeira empresa regular a operar na Antártica.

Icelandic-757-Antarctica

A Icelandic, uma companhia irmã da Icelandair, realizou pela primeira vez a operação de um Boeing 757-200 com 50 passageiros para o sexto continente, a Antártica.

Com 62 assentos em classe executiva, a aeronave realizou a rota entre Punta Arenas e Union Glacier, um voo de 4 horas e meia. O pouso foi em uma pista a 10.000 pés (3.000 metros) de gelo azul. Anteriormente, operações como essas eram realizadas por aeronaves menores.

O voo foi operado para a ALE – Antarctic Logistics and Expeditions, que mantém um acampamento no glaciar. Anualmente, a empresa leva 500 turistas à Antártica lhes promete uma viagem inesquecível.

A maior procura por esses voos é de cientistas, alpinistas em busca do Monte Vinson, a montanha mais alta do continente gelado e turistas rumo ao pólo-sul. A operação foi um teste bem sucedido e deve resultar em uma programação de voos no próximo ano.

Não é a primeira vez que um jato comercial pousa na Antártica, mas é a primeira operação de uma linha aérea comercial.

Fonte Leeham News

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.