Jogadores de rugby servem as refeições enquanto comissários cuidam de doente a bordo.

Foto: Ryan Fee

Foto: Ryan Fee


O time do nacional de Fiji, conhecido como Sevens, realizou um ato heroico durante um voo da Virgin Australia entre Nadi, capital de Fiji e Brisbane, na Austrália.

Passados cerca de 45 minutos de voo, os membros da equipe notaram que uma passageira passava muito mal, então a primeira atitude do médico e do treinador foi se levantarem e socorrerem a mulher de 65 anos, dando-lhe uma primeira assistência. Enquanto um jogador da equipe segurava uma máscara de oxigênio para a mulher, os comissários tentavam acomodá-la melhor e lhe dar conforto. Foi um momento muito estressante para todos, certamente.

Nesse momento, algo inusitado aconteceu. Para dar um pouco de tranquilidade aos comissários e lhes tirar a pressão, os jogadores se encarregaram de servir as refeições aos passageiros. Ao fim, eles passaram recolhendo todo o lixo. “Foi uma atitude muito bonita”, destacou um passageiros.

É desconhecida a doença da mulher, no entanto sabe-se que ela estava com quase nenhuma pressão sanguínea e estava perdendo a consciência, quando o atendimento começou.

Fonte: Dailymail

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.

5 Comments:

  1. Por isso que eu amo esse esporte , soh bons exemplos

  2. Muito bom o exemplo. A título de correção, o apelido da seleção de Rugby do Fiji é Flying Fijians. Talvez essa seja a seleção de Sevens (uma modalidade de Rugby) de Fiji.

Comente