KLM inicia testes com “Spencer”, o robô que guiará passageiros.

KLM Robô Spencer 02

Já imaginou como seria estar desorientado em um grande e movimentado aeroporto, e então ser guiado por um robô autônomo até seu portão de embarque? Pois é exatamente isso o que a KLM pretende com o “Spencer”!

Depois de dois anos de construção, programação e testes, a KLM Royal Dutch Airlines iniciou testes com seu robô “Spencer” no aeroporto Schiphol na última segunda feira, 30 de Novembro. Todos os dias passageiros perdem seus voos de conexão por variadas razões, incluindo atrasos, tempos reduzidos de conexão, desorientação no aeroporto, e dificuldades com o idioma. A KLM pretende utilizar o robô para ajudar passageiros em transferência a encontrar o caminho de um gate a outro, da forma mais rápida e eficiente possível no movimentado aeroporto de Amsterdam.

Segundo Michel Pozas, Vice Presidente de Inovação e Cuidados com Clientes da AFKL, “O advento da robótica é, estrategicamente, um importante desenvolvimento, para o qual temos nos preparado e queremos testar. A KLM considera que a robótica terá um crescente impacto no transporte aéreo nos próximos anos. Estamos testando tecnologias em diversas áreas para avaliar se e como a robótica poderia aprimorar nossos processos. Estes desenvolvimentos estão completamente alinhados com os objetivos da KLM em relação à inovação, sendo um dos pilares da nossa estratégia. Na KLM, o principal propósito da robótica provavelmente será oferecer auxílios cada vez melhores aos funcionários e clientes, usando tecnologias inovadoras”.

O projeto, apoiado pela Comissão Europeia, vai muito além das capacidades da atual geração de robôs. No final, Spencer deverá ter a habilidade de reconhecer grupos, levar em conta o comportamento dos grupos e reconhecer emoções. Além disso, Spencer também responderá proativamente a situações inesperadas. A partir de 4 de dezembro os testes serão realizados na seção Schengen do Aeroporto, porém passageiros ainda não serão envolvidos nessa fase. A demonstração final ocorrerá em março de 2016.

Parceiros
Para este projeto, a KLM se uniu à SME Bluebotics, a diversas universidades (incluindo Freiburg, Munich, Twente e Orebo), à Hogeschool Aachen, ao Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS), e à Amsterdam Airport Schiphol.

KLM Robô Spencer 01

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.