LABACE 2015 – os executivos mais elegantes e luxuosos do mundo no Brasil (+100 fotos)

IMG_9059
A 12ª LABACE, a maior feira de aviação executiva da América Latina, foi encerrada nesta quinta-feira (13) em São Paulo. Milhares de pessoas, entre elas potenciais compradores, pilotos e profissionais da aviação, passaram pelo evento nesses últimos três dias e tiveram a oportunidade de conhecer as mais avançadas aeronaves executivas do mundo. Confira uma breve introdução sobre a frota da aviação geral no Brasil e mais de 150 fotos da Labace 2015, logo abaixo. As fotos são de autoria de Luís Neves e Bruno Sabba, da equipe AEROIN.

Ao longo de 2014, a frota de aeronaves da aviação geral no Brasil cresceu 3%, chegando a 15.120 aeronaves. Os dados fazem parte do Anuário Brasileiro de Aviação Geral 2015 publicado pela ABAG (Associação Brasileira de Aviação Geral).

De acordo com o anuário, a região do país que apresentou maior crescimento da frota de aeronaves foi o Sul, com 5,5%, seguido pelo Centro-Oeste com 5,1%. O Sudeste registrou o menor crescimento em número de aeronaves, ficando com 1,8% no ano passado em relação a 2013. Em todo país, foram incorporados à frota 197 novas aeronaves convencionais do serviço aéreo privado e, em termos de idade, a maioria das aeronaves (34%) tem de 21 a 40 anos de uso. Toda a frota do Brasil foi avaliada pelo estudo em 12,7 bilhões de dólares.

No que diz respeito ao número de operações – pousos e decolagens, o ano de 2014 registrou uma queda de 7% em relação ao ano anterior, com mais de 686 mil operações contra 739 mil do ano anterior. O registro leva em conta os 33 principais aeroportos do país e representam principalmente os voos de serviço privado, táxi aéreo e instrução. O chamado serviço aéreo privado responde por nada menos que 47% das operações em 2014.

O levantamento feito pela Abag para a produção do Anuário revela ainda que a maioria das operações é feita por helicópteros, 38%, embora as aeronaves convencionais representem 30%, os turboélices 14%, os jatos, 18% e os anfíbios 0,3%. Ao todo, as operações de 2014 conectaram 2.768 (sendo 1.810 aeródromos e 958 helipontos) aeródromos em todo o Brasil e no mundo, reiterando a importância econômica da aviação geral para o desenvolvimento do Brasil. Mais de 61% dos aeródromos conectados são de propriedade privada e dentre todos o que mais realizou pousos e decolagens para a aviação geral no ano passado foi o Campo de Marte, em São Paulo (SP).

 

Fotos da cerimônia de abertura da Labace 2015

 

Apresentação do ATR-72-200

 

Bombardier com seu Learjet 75, Challenger 350 e Global 6000

 

A Textron trouxe os jatos Cessna Citation Latitude e CJ3+

 

Os Falcon 2000S e 7X da francesa Dassault

 

A Embraer trouxe boa parte de sua frota de executivos, como os Phenom 100 e 300, os Legacy 450, 500 e 600. Com especial destaque para o anúncio da certificação do 450 pela ANAC

 

Os luxuosos Gulfstream 280, 550 e 650ER, o último vem pela primeira vez ao Brasil

 

Outro lançamento da feira, o Hondajet

 

Asas rotativas, os helicópteros

 

Turboélices

 

Alguns stands da feira

Comente