LATAM Airlines Brasil anuncia nova rota São Paulo – Buenos Aires – Bogotá.

LATAM Boeing 767

A LATAM Airlines Brasil anuncia que, a partir de 15 de dezembro, começará a operar cinco frequências semanais em uma nova rota entre São Paulo, Buenos Aires e Bogotá. Desta forma, o Grupo LATAM Airlines conectará a Argentina e a Colômbia sem escalas em operação que se inicia no Brasil, fortalecendo sua rede de destinos na América Latina.

“Com este voo operado pela LATAM Airlines Brasil, o Grupo LATAM passa a conectar Bogotá e Buenos Aires de forma direta, melhorando significativamente nossa conectividade a partir da Colômbia até o sul do continente e fortalecendo ainda mais a liderança da companhia na região”, afirmou Fernando Poitevin, diretor executivo da LATAM Airlines Colombia.

O voo JJ8012 da LATAM Airlines Brasil partirá de São Paulo (Guarulhos) com destino a Buenos Aires (Ezeiza) às 07h25 (horário local), e chegará a Buenos Aires às 09h20 (horário local). O mesmo voo decolará de Buenos Aires às 13h10 (horário local) e aterrissará em Bogotá às 17h35.

Além disso, o voo JJ8013 sairá de Bogotá às 18h55 (horário local) e chegará a Buenos Aires às 03h15 (horário local), saindo de Buenos Aires às 05h00 (horário local) para pousar em São Paulo às 08h50 (horário local).

Inicialmente, serão cinco frequências semanais, que serão ampliadas para sete no segundo trimestre de 2017, atingindo o objetivo de operar o voo diariamente.

Esta nova rota será operada por uma aeronave Boeing 767-300, com 191 assentos na classe Econômica e 30 assentos na classe Premium Business, oferecendo assentos reclináveis em até 180 graus.

Da Assessoria de Imprensa.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.
  • Olha Cristiano Poaia

  • Quem vai querer? Podendo ir de Avianca e Latam Colômbia direto, ter que voltar pra trás (praticamente) e dps subir de volta

    • a propria LATAM brasil faz a rota GRU BOG sem escalas. Não é pra voce, e sim pros clientes EZE BOG.

    • Realmente não é pra mim, só não faz sentido a rota, melhor mandar um avião da Latam Argentina, amiguinho

    • Pow acho que a Latam devia consultar especialistas como você antes de abrir essa rota.

    • Governo argentino não liberou a rota pra LATAM argentina, a LATAM usou a TAM (LATAM BR) pra driblar o governo argentino e conseguiu o que queria: um vôo LATAM direto entre EZE – BOG. Isso se chama business!

  • É boa companhia mais não gostar das configurações dessa aeronave pois tenho 2.08m de altura ser complicado nos da aeroflot ter uma configuração no ssj100 que é um pouco melhor mais nada se compara ao tu154 velhos tempos que dão saudades de minha rota Bucareste a Moscou hoje so ssj100. Fazer hoje a rota Moscou Bucareste e Berlim.

  • Quatro horas em EZE para seguir para BOG. Ha algo errado aí.

    • Governo argentino não liberou a rota pra LATAM argentina, a LATAM usou a TAM (LATAM BR) pra driblar o governo argentino e conseguiu o que queria: um vôo LATAM direto entre EZE – BOG. Isso se chama business!

    • Joi Oliveira sim, definitivamente. O que estranhei é que o vôo pousa as 9:50 local e decola às 13:10. Sendo o mesmo numero de vôo, uma escala de 3h50m, me parece muito longa. Pelo que entendi é um vôo direto entre GRU e BOG com escala em EZE.

    • Marco
      Vôo direto entre GRU – BOG já são operados pela LATAM BR e Colômbia (A320 e B767).

      Esse dito na matéria é um vôo GRU – EZE (que tem bastante demanda) e outro (tecnicamente falando são o mesmo). Mas todos sabem que isso foi usado pra lançar um vôo entre a argentina e a Colômbia.

      Não deu como eles queriam, fizeram do jeito possível.

      Sobre os horários, deve ser o melhor horário pros argentinos ou colombianos.

  • Inacreditável. Seria o mesmo que vender uma passagem de São Paulo para Miami com escala em Londres…

    • Governo argentino não liberou a rota pra LATAM argentina, a LATAM usou a TAM (LATAM BR) pra driblar o governo argentino e conseguiu o que queria: um vôo LATAM direto entre EZE – BOG. Isso se chama business!

    • Faz sentido, mas nem deveriam ter comunicado esta ‘rota’ ao mercado pois soa patético.

    • Só irá fazer sentido se a diferença tarifária entre um voo direto e esse que desce pra depois subir for de uns U$ 1000 fora isso não vejo vantagens.

  • Governo argentino não liberou a rota pra LATAM argentina, a LATAM usou a TAM (LATAM BR) pra driblar o governo argentino e conseguiu o que queria: um vôo LATAM direto entre EZE – BOG. Isso se chama business!

  • Cristiane Juchem