LATAM Brasil cancela e ajusta pedidos de aeronaves.

EVE-1188-01

Segundo balanço do mês de Agosto divulgado pela Airbus, a LATAM cancelou pedido de 12 aeronaves e converteu outros 2 pedidos para modelos maiores.

O balanço de pedidos e entregas aponta para um cancelamento de 12 pedidos de aeronaves Airbus A320neo da LATAM, que recebeu a sua primeira unidade na semana passada, sendo a primeira operadora do modelo nas américas. Além disso a companhia converteu 2 pedidos do A350 XWB, da versão -900 para a sua maior versão: o Airbus A350-1000; consolidando o mesmo como substituto definitivo do Boeing 777-300ER em operação.

Detalhes sobre se as aeronaves A320neo seriam da divisão brasileira ou chilena, ainda não foram divulgados. A companhia recebeu também na semana passada o primeiro A350 nas cores da LATAM Brasil, sendo a 4ª unidade entregue. Este novo A350 conta com uma nova configuração interna de 3 classes: Ecônomia, Ecônomica Premium e Executiva.

A LATAM agora conta com 36 pedidos de aviões A320neo e 19 da sua variante maior, o A321neo. Já no A350 XWB a companhia ainda irá receber 13 unidades do modelo -900 e 14 do modelo -1000.

Em nota, a LATAM informou que avalia constantemente a sua frota e as suas encomendas de aeronaves para se adaptar aos cenários e as condições dos mercados onde opera. A companhia necessitará de menos aviões deste porte em virtude da menor projeção de crescimento para a região nos próximos anos. Por isso, e como parte do seu plano de redução de frota, foram reduzidos 12 aviões nas suas encomendas totais de A320neo. A LATAM já conta com um A320neo e espera receber um total de 55 unidades, o que implica que este modelo de aeronave terá um papel relevante na frota da empresa, apoiando as suas operações domésticas em uma rede de destinos única na América Latina.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.

54 Comments:

  1. Mano, que maldade substituir o majestoso B777 pelo A350. Uma pena.

  2. É uma nova era de aeronaves, onde as companhias aéreas estão procurando eficiência e economia!

  3. Q estranho substituir o 77 pelo 50 q tem um leasing bem mais caro..

  4. É a dona falando o que tem que fazer. A TAM já era. Acabou, Não existe mais e quando essa sociedade for desfeita, não vai restar nem pó para contar a história.

  5. Mas o 777 tem um custo operacional maior. Manutenção mais cara é maior consumo de combustível!

  6. É muito Widebody pra pouca rota, não? Vao repassar os 767 em curto prazo tb?

  7. Pelo jeito os 767 vão rodar em breve também. A parte brasileira da Latam (se é que ainda pode-se chamar de brasileira) vai ter uma frota somente de Airbus, ao que parece.

  8. Matheus Henrique novidades meu brother

  9. Sei não, mas sinto que outras mudanças virão.

    • pena? quem tem pena é passarinho
      o A350 é muito á frente do B777 e “tamanho” não significa nada

    • Não dá pra negar que o 777 é uma excelente aeronave, tem os motores mais potentes do mundo e tem um bom alcance, porém o A350-1000 por ser mais leve, não precisará de um motor mais poderoso do mundo, consumirá bem menos combustível que atualmente é a maior despesa em uma cia aérea, e ainda tem alcance na mesma casa que o B77W levando a mesma quantidade de pax.

  10. Mas tem muito A350
    Mais que o dobro da quantidade de 777. Adeus 767 (no longo prazo)

  11. Impressão minha ou o 777 vai rodar? Hélio

  12. A320-321Neo e A350 vinheram para ficar e mudar o “velho” para o novo em modernidade,econômia e qualidade

  13. Segundo wikipedia, sao 10 777-300ER e 14 767-300ER
    27 A350 encomendados = ADEUS Boeing!

  14. Aposentando mesmo os 777? Tristezaaaaa!!!

  15. Que pena! A Swiss está trocando pelos B777 e a LATAM retirando eles, por acaso alguém aqui já viu algum B777 nas cores da LATAM?

  16. Sinceramente eu trabalho no aeroporto em Guarulhos e ví apenas uma vez um 777 da Tam.De outras companhias é comum esses modelos de aeronaves.

  17. Gostaria que as aeronaves na classe economica tivessem um pouco mais de espaco entre as poltronas,pelo preço que se paga pderiam ser mais confortáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *