LATAM decola e realiza seu primeiro voo

PT- MSY 5

No dia 05 de Maio a LATAM finalmente decolou. A companhia oriunda da junção da chilena LAN com a brasileira TAM, além de suas subsidiárias, resultou na maior companhia da América Latina.

O primeiro voo foi com o Boeing 767-300ER de matrícula PT-MSY, que nos últimos dias carregou a tocha da Europa para o Brasil, e realizou ontem o primeiro voo da LATAM, o JJ8118, de São Paulo a Santiago, ligando os dois principais hubs da nova companhia. O voo fora comandando por mulheres, a Comandante Ortolan e a Primeira-Oficial Rossana.

Mais tarde, no mesmo dia, decolou rumo a Brasília o primeiro Airbus A319 nas cores da LATAM. A aeronave de matrícula PT-TME cumpriu o voo JJ3579 rumo à capital federal.

LATAM Crew Tripulação Primeiro Voo

Tripulação do primeiro voo da companhia

“Hoje, inicia-se um novo capítulo na história da aviação da América Latina e do mundo. A LATAM começa a oferecer aos seus clientes mais do que uma nova marca: uma nova experiência de viagem. A marca LATAM nasce para simplificar e melhorar a viagem de todos os passageiros. As mudanças serão feitas de forma gradual, ao longo dos próximos anos, mas muitos dos benefícios serão imediatos”, revela Enrique Cueto, CEO do Grupo LATAM Airlines.

Em São Paulo, a GRU Airport realizou um evento para os spotters credenciados fotografarem esse dia histórico na aviação latinoamericana. Os entusiastas tiveram a oportunidade de fotografar o 767 no pátio além de toda a novo design da companhia presente na área de check-in e nos uniformes dos colaboradores.

A partir do mês de maio, os passageiros também já verão 13 aeroportos com a nova identidade LATAM: Bogotá, Brasília, Buenos Aires/Ezeiza, Guayaquil, Lima, Madri, Miami, Nova York/John F. Kennedy, Quito, Rio de Janeiro/Galeão, Santiago, São Paulo/Congonhas e São Paulo/Guarulhos.

Esses locais contarão com nova sinalização nos balcões de check-in e nas lojas, cartões de embarque e etiquetas de bagagem LATAM, além de nova identidade nas salas VIP. Assim como as aeronaves, o processo completo de mudanças em todos os aeroportos onde a companhia opera deverá ocorrer em até 3 anos.

 

 

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.