Leo, o robô que transporta sua bagagem está no IBAS 2017.


Leo, o inovador robô de bagagens da SITA, acaba de chegar ao Aeroporto Internacional Tom Jobim. A visita de Leo ao aeroporto mais movimentado do Rio de Janeiro coincide com o Salão Internacional de Aviação do Brasil (IBAS), que espera receber mais de 80 mil visitantes de até domingo, 2 de abril.




Leo fornece uma ideia sobre o futuro da manipulação de bagagem em aeroportos que está sendo pesquisada pelo SITA Lab, grupo de pesquisa de tecnologia da SITA. Leo é um robô totalmente autônomo e autopropulsor que cuida da bagagem dos passageiros.

O robô pode realizar o check-in do passageiro, imprimir etiquetas da bagagem e transportar duas malas. Tem capacidade de evitar obstáculos e pode navegar em um ambiente de alto tráfego, como um aeroporto movimentado. É o primeiro passo para automatizar o processo de bagagem a partir do momento em que os passageiros entregam suas malas até quando as coletam.

O Aeroporto Internacional Tom Jobim é a primeira parada da turnê do robô na América do Sul, com visitas ao Chile e Argentina também planejadas para os próximos meses. A demonstração das capacidades de Leo é uma das muitas maneiras através das quais a SITA está trabalhando com a Azul para explorar e oferecer inovações que ajudam a facilitar as operações aeroportuárias ao mesmo tempo em que facilitam a viagem do passageiro pelo aeroporto.

Cristiane Lunardi, gerente de TI da Azul Airlines, diz: “Na Azul, estamos sempre procurando novas maneiras de fazer com que a viagem dos nossos clientes seja a melhor possível. Trabalhar com a SITA para explorar tecnologias inovadoras, como este novo robô de bagagens, nos permite testar a reação dos nossos clientes a novas ideias e formas de transformar a sua viagem conosco. Estamos animados com a visita do Leo no Rio”.

Elbson Quadros, vice-presidente da SITA para a América Latina, diz: “As companhias aéreas e os aeroportos brasileiros estão adotando o futuro, buscando novas maneiras de administrar o crescente número de passageiros. A tecnologia pode facilitar o caminho e nós, da SITA, estamos felizes por explorar novas ideias com a Azul, que é nosso cliente.

Este robô demonstra que as inovações podem transformar a experiência do passageiro. Leo usa robótica e inteligência artificial para pegar malas no check-in e carregar no voo correto sem ter que entrar no prédio do terminal ou ser controlado diretamente por alguém que não sejam os próprios passageiros”.

Leo está sendo demonstrado junto com a Azul no Aeroporto Internacional Tom Jobim, durante o Salão Internacional de Aviação do Brasil (IBAS), onde a SITA organiza a Conferência Wings of Change Brasil. Em seguida, a SITA vai levá-lo para a Argentina.

A indústria do transporte aéreo assiste a uma grande mudança no uso de tecnologias inovadoras. A era da identificação biométrica, robótica e inteligência artificial promete mudar a forma como os aeroportos serão projetados no futuro, facilitando a viagem.

A SITA fornece TI e comunicações às companhias aéreas e aeroportos do mundo e quase todas as viagens de passageiros dependem da tecnologia SITA. O SITA Lab, equipe de pesquisa estratégica, está na vanguarda da inovação em tecnologia de viagens. Esta semana, a SITA compartilha sua mais recente tecnologia no IBAS, com especialistas da SITA falando sobre temas como Inovação e Tecnologia Aeroportuária, Processamento de Passageiros e Tecnologias Disruptivas que mudarão o transporte aéreo nos próximos anos.

Da SITA

2 Comments:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *