Lufthansa e Austrian Airlines agora oferecem internet a bordo.

Enviar e-mails a uma altitude de 9,9 km, comprar online enquanto sobrevoa os Alpes, baixar vídeos acima das nuvens – e tudo com qualidade banda larga. Em breve, os passageiros da Lufthansa e da Austrian Airlines poderão navegar nas viagens curtas também, assim como já podem fazer já há algum tempo nos voos de longa distância.

No verão passado, a Lufthansa recebeu o chamado certificado suplementar para a frota Airbus A320 da European Aviation Safety Agency (EASA), e concluiu com sucesso todo o trabalho necessário. Agora, o novo estágio de testes nas rotas servidas pela Lufthansa e Austrian Airlines vai começar, a princípio envolvendo cinco aeronaves de cada. Passageiros que voarem nestas aeronaves vão poder navegar gratuitamente na fase de testes. A análise do comportamento dos usuários vai fornecer os dados necessários para melhorar ainda mais o serviço antes do lançamento.

Harry Hohmeister, membro do Conselho Diretor da Deutsche Lufthansa AG e responsável pelo Hub Management, disse: “Estou feliz que vamos poder oferecer em breve internet banda larga para nossos passageiros nos voos pela Europa, dando a eles a chance de ter uma experiência digital única. Desde o lançamento da Lufthansa Flynet, tem sido nosso objetivo oferecer um valor agregado a bordo através da inovação, o que inclui oferecer acesso à Internet.”

No primeiro trimestre de 2017, o número de aeronaves da Lufthansa com acesso à Internet vai aumentar em 20. Uma a uma, toda a frota A320 da Lufthansa vai ser equipada com o que há de mais avançado em tecnologia até meados de 2018. A renovação de todas as 31 aeronaves da Austrian Airlines está prevista para terminar antes do fim de abril deste ano. Assim como Lufthansa e Austrian Airlines, Eurowings também tem planos de levar a internet para as aeronaves, o lançamento deve acontecer até o fim do primeiro trimestre do ano. Todas as 69 aeronaves Eurowings devem estar equipadas com os sistemas no meio do ano.

 

Os passageiros da Lufthansa podem ter acesso à internet usando os próprios equipamentos. Serviços de e-mail e streaming de vídeo também estão disponíveis.  O lançamento oficial está previsto para acontecer ainda no primeiro trimestre do ano. Os passageiros poderão escolher entre três diferentes tipo de pacotes – FlyNet Message por 3 euros, FlyNet Surf por 7 euros e FlyNet Stream por 12 euros por voo.  Enquanto FlyNet Message apenas permite o uso de serviços de mensagem, como e-mail, Whatsapp or iMessage, FlyNet Surf também permite que os passageiros navegarem na Internet. No pacote FlyNet Stream, o streaming também é possível. Os pacotes podem ser pagos via cartão de crédito ou outros serviços de pagamento, como PayPal.

O serviço de Internet da Lufthansa Airlines e o parceiro tecnológico Inmarsat, usam a mais avançada tecnologia de banda larga via satélite (Ka-band), oferecendo cobertura para os voos de curta e média distância através do Inmarsat network Global Xpress (GX). Inmarsat é parceria da Deutsche Telekom, que será a provedora de serviços de internet aos passageiros.

A Lufthansa Technik é responsável por instalar todos os sistemas e componentes, e ainda lidar com as exigências regulatórias e outras autorizações. Eles estão equipando toda a família Airbus A320 do Grupo Lufthansa com a mais moderna tecnologia via satélite, Ka-band. Até o segundo semestre, quase 100 aeronaves estão previstas para estarem equipadas. A aeronave pode ser equipada com a antena e roteadores numa série de dez linhas de produção, trabalhando ao mesmo tempo, nas bases da Lufthansa Technik. Graças aos ajustes minimamente invasivos na estrutura da aeronave, a rápida renovação de grandes frotas é possível, geralmente envolvendo apenas quatro dias de inatividade por aeronave.

A Lufthansa Systems está oferecendo a infraestrutura técnica necessária para a conexão de Internet a bordo. O que inclui operações de rede na aeronave –  o pré-requisito técnico para wi-fi a bordo – assim como o software para a operação do portal FlyNet, através do qual o cliente tem acesso à net.

 

No âmbito das parcerias globais, Lufthansa Systems e Lufthansa Technik estão, ainda, oferecendo uma plataforma digital multifuncional (BoardConnect) que pode ser usada tanto para entretenimento quanto para receitas extras. Não só as companhias aéreas do Grupo Lufthansa, mas também os clientes vão se beneficiar desta cooperação sólida.

Em 15 de janeiro de 2003, a Lufthansa se tornou a primeira companhia aérea a operar um voo de longa distância no mundo com acesso banda larga à Internet. O serviço foi retirado do mercado em 2006, apesar da confiabilidade técnica e a crescente popularidade entre os passageiros,  porque os satélites da “Connexion by Boeing” deixaram de funcionar. Desde o fim de 2010, a Lufthansa oferece acesso à Internet banda larga nos voos intercontinentais, mais uma vez como a primeira do mundo. Desde junho de 2015, FlyNet está disponível em todas as 107 aeronaves de longa distância. Com a introdução do Boeing 777 à frota, a subsidiária SWISS também começou a oferecer Internet nos voos de longa distância; nos voos de curta e média distância a introdução do serviço está sendo estudada.

Pela Assessoria de Imprensa da Lufthansa. 

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.
  • A Gol ofereceu wifi em vários vôos que fui, só que nunca funcionou

    • GOL É GOL AMIGO É LIXO MANO affffffffffffff so mais a avianca ou azul

  • Oferecer é uma coisa funcionar é outra brasil pais pequeno mesmo .