Grupo Lufthansa transporta atletas e equipamentos para as Olímpiadas do Rio de Janeiro.

MD-11 Lufthansa Cargo LH

Ontem, dia 1º de agosto, a Lufthansa, empresa aérea oficial da equipe olímpica alemã e co-parceira da Federação Alemã de Esportes Olímpicos (DOSB), transportou a equipe alemã para os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Ontem à noite, Dra. Bettina Volkens, membro da diretoria executiva do Grupo Lufthansa, o chefe de missão da equipe olímpica alemã, Michael Vesper, e o governador do Estado de Hessen, Peter Beuth, estiveram presentes no embarque da delegação formada por aproximadamente 80 pessoas rumo ao Rio de Janeiro, para lhes render seus melhores votos de sucesso na longa viagem.

O portão de embarque C14 no aeroporto de Frankfurt foi especialmente decorado como “Olympia-Gate” para essa despedida oficial. O Boeing 747-8, número de voo LH500, decolou de Frankfurt às 22h15 e pousou às 05h05 hora local no Rio de Janeiro. O comandante Thomas Möws e sua tripulação se sentiram especialmente honrados em receber os superatletas a bordo, entre eles os campeões europeus de basquete assim como outros atletas de ponta das categorias esportivas como ciclismo, hipismo de adestramento, vela, vôlei de praia e tiro.

“A Lufthansa nos acompanha há muitos anos como parceira fiel e confiável, e a equipe olímpica sabe que pode viajar tranquila. Estamos felizes com esse voo para o Rio de Janeiro, e esse ano nossos fãs poderão acompanhar as notícias de bordo pela primeira vez em formato digital”, disse Michael Vesper, presidente da DOSB e chefe de missão no Rio de Janeiro.

A SWISS, juntamente com a Swiss Olympic e inúmeros fãs, também se despediu ontem da delegação olímpica suíça no aeroporto de Zurique numa cerimônia festiva. A SWISS é a empresa aérea oficial e parceira das equipes olímpica e paralímpica suíças, e fará um voo extra para o Rio de Janeiro para cada uma delas.

A Lufthansa Cargo enviará um total de cinco aviões cargueiros antes e depois dos Jogos Olímpicos para transportar equipamentos esportivos, acessórios de transmissão assim como outros materiais e equipamentos necessários no local. Nos dias 10 e 17 de julho, dois MD-11F foram enviados para o Rio. As remessas serão enviadas de volta para Frankfurt em três voos cargueiros nos dias 24, 25 e 26 de agosto.

A LSG Sky Chefs também se preparou para a demanda adicional em virtude do maior número de voos para o Rio de Janeiro. Se num dia de voo normal a filial local prepara cerca de 6.000 refeições de bordo, durante os Jogos Olímpicos esse número deverá subir para 25.000 a 30.000 refeições, preparadas por funcionários adicionais e com mais equipamentos de transporte e refrigeração.

“A Lufthansa deseja aos atletas competições de sucesso e principalmente justas”, diz Dra. Bettina Volkens, diretora executiva de pessoal e direito da Deutsche Lufthansa AG. “Para a Lufthansa, o tema esporte e a promoção de jovens talentos é de suma importância há muitos anos, e estamos felizes que este ano podemos mais uma vez dar a nossa contribuição.”

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.

8 Comments:

  1. Pessoal o MD11 e de carga os atletas viram no 747-8

Comente