Mudança dará nova vida à ALITALIA, diz CEO da Etihad Airways.

a330-flying-02a
A Etihad Airways, um importante investidor na Alitalia, acredita que a companhia aérea nacional da Itália tem “um potencial fantástico para crescer” – mas somente se adotar a mudança.

Falando para o Fórum Internacional de Fundos de Riqueza Soberana, em Milão, James Hogan, presidente e CEO da Etihad Airways, e vice-presidente da Alitalia, disse que “no ano passado a Alitalia estava à beira do colapso”.

“Investimos €560 milhões como parte de uma reestruturação de €1,76 bilhão da Alitalia”, disse Hogan. “Hoje, somos o maior acionista individual, com uma participação de 49%. O que vimos na Alitalia que ninguém mais viu? Uma grande marca, uma rede excelente, mas um negócio ruim que precisava de uma nova direção”.

Hogan disse que a Etihad Airways viu um grande potencial para ambas as companhias aéreas crescerem de forma eficiente, trabalhando em conjunto. “A parceria oferece riscos menores, recompensas maiores e resultados mais rápidos do que se ‘fizermos tudo sozinhos’”, disse ele. “Isso é bom para a Alitalia, bom para a Etihad Airways, bom para a Itália e bom para os consumidores”.

Hogan disse que a Etihad Airways e a Alitalia tinham redes de rotas complementares, que combinadas, ofereciam aproximadamente 200 destinos. Ele disse que a Alitalia ganhou uma nova conectividade de voos bastante significativa, através da conexão com a Etihad Airways em seu hub em Abu Dhabi, proporcionando amplo acesso a destinos em toda a Ásia, Austrália e África, que até não eram atendidos pela Alitalia.

Mas ele disse que a parceria Etihad – Alitalia oferece benefícios muito maiores para os clientes, incluindo o alinhamento do produto e serviço de bordo, a expansão dos programas de milhagem de ambas as companhias aéreas, e benefícios de sinergia, incluindo aquisição conjunta e compartilhamento de recursos.

Recentemente, a Etihad Airways e seis sócios de participação acionária, incluindo a Alitalia, participaram de um levantamento de capital inovador, através do qual US$ 700 milhões foram obtidos coletivamente nos mercados financeiros mundiais.
“O Presidente da Alitalia, Luca Cordero di Montezemolo, tem uma visão clara para o sucesso de negócio da Alitalia, e que nós compartilhamos plenamente. Juntos, estamos trabalhando para restabelecer a companhia aérea em seu lugar de direito, como uma das melhores marcas internacionais”, disse Hogan.

“A Alitalia está em ascensão, mas ainda enfrenta desafios. Ela não pode se dar ao luxo de voltar às práticas passadas. Para a Alitalia sobreviver e prosperar deve haver um foco incansável sobre os custos e a eficiência, juntamente com um compromisso em oferecer qualidade, inovação e custo/benefício. Por meio da nossa parceria, podemos alcançar o sucesso em conjunto”.

3 Comments:

  1. Vito Cedrini, dá uma olhada! (y)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *