Não pode ser apagada: veja como é transportada a chama Olímpica no avião.

Tocha Rio 2016 LATAM Fogo

Foto: LATAM

Ser sede de uma Olímpiada, seja de verão ou de inverno, é um grande desafio para qualquer cidade. São alojamentos para os atletas, arenas para competição, obras de mobilidade, hotéis para os turistas, é um verdadeiro pesadelo logístico.

Mas uma das partes mais complicadas fica oculta e longe da cidade-sede. Lembremo-nos que, pela tradição, a Tocha Olímpica, o símbolo maior dos Jogos Olímpicos é acesa em Olímpia pela luz do Sol, com auxílio de um espelho parabólico.

Como Atenas sediou apenas três edições dos jogos, o fogo olímpico já é carregado através de países e continentes há muitos anos, muitas das vezes usando aviões, como será agora na RIO 2016. Mas, como fazer para levá-lo a bordo aceso, já que ele não pode ser apagado antes do fim dos Jogos?

Por motivos de segurança, sabemos que não se pode ter uma chama exposta, dado o risco de incêndio. A alternativa que se desenvolveu foi usar cerca de quatro lanternas a queresone (podem ser mais, dependendo da distância). Conhecidas no Brasil como lampião ou lamparina, elas são modernas e muito seguras, tendo sido acesas no mesmo momento que a tocha e com o “mesmo Sol”, sendo considerado um autêntico fogo olímpico.

lantern11

Foto: COI

 

O primeiro voo do fogo Olímpico.

O fogo Olímpico fez o seu primeiro voo em 1952, nas Olímpiadas de Helsinque, na Finlândia. Em 1992, no Revezamento da Tocha dos Jogos de Inverno de Albertiville, na França, a chama voou no Concorde da Air France entre Atenas e Paris, sendo a primeira vez que tal símbolo olímpico quebrou a barreira do som.

Durante o voo as lamparinas são presas nos assentos e supervisionadas todo o tempo por um time de nove comissários. Além disso, a tocha em si vai ao lado, porém apagada. Para esse evento, todos os profissionais são treinados seguindo padrões internacionais de segurança de voo e recebem informações específicas sobre o transporte da chama. Na RIO 2016, cada lamparina será também acompanhada de um membro do Comitê Organizador dos Jogos.

 

fogo olimpiada vancouver

 

Na maioria das vezes, a tocha só é acesa com o fogo olímpico oriundo da lamparina quando vai fazer o revezamento ou durante os jogos em si. No caso do Brasil, está previsto que será acesa no Palácio do Planalto.

Uma vez em solo, o fogo olímpico é mantido em um quarto separado do hotel, sendo vigiado por três seguranças, 24h por dia, sendo que um sempre tem que estar acordado e de guarda.

No Brasil, para o Rio 2016 o fogo olímpico vem no Boeing 767 da LATAM de Genebra para Brasília, chegando à capital federal às 5h30 da manhã do dia 3 de Maio de 2016, escoltado por caças da FAB.  A partir do dia 5 de Maio é iniciado o revezamento, feito em um A319 da LATAM.

 

lanternonplanepa

Fontes de pesquisa:

BBC

NPR. ORG

IRISHTIMES.COM

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.