NASA revela projeto de avião 50% mais ecônomico

NASANo último mês de Dezembro a NASA recebeu um investimento do governo americano de 19 bilhões de doláres para 2016, permitindo que ela fizesse parceria com a indústria aeronáutica e voltasse a fazer aviões experimentais da série X, como os famosos XB-70 Valkyrie e o Grumman X-29, que apesar de não serem produzidos em série, trouxeram grandes descobertas e evolução para a aviação.

NASA2

A maioria dos novos aviões que serão projetados tem um importante objetivo: produzir aviões mais sustentáveis. Durante a conferência de imprensa, a NASA deu uma prévia de um avião comercial bem estranho que poderia substituir o Boeing 737 ou o Airbus A320 apartir de 2030. Este avião poderá carregar 150 passageiros e viajar a Mach 0.75 – 75% da velocidade do som.

NASA3

“Isso iria superar incrívelmente um Boeing 737. Ele irá reduzir o consumo em mais de 50%” disse Charles Bolden, chefe-administrador da NASA.

Além do baixíssimo consumo, o avião será 6x mais silencioso e irá emitir 80% menos CO2 que um Airbus A320 ou um Boeing 737. O design do avião foi co-desenvolvido pela Boeing, e estava sendo trabalhado por aproxidamente 7 anos.

NASA4

Esse avião revolucionário, deve a grande redução de consumo á suas asas, extremamentes finas. A finura da asa aumenta as propriedades aerodinâmicas da aeronave – reduzindo o arrasto – e a estrutura em treliça não permite que a asa quebre.

Informações pela revista PopularMechanics, traduzido e adaptado por Carlos Martins

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.