Nova tecnologia vai revolucionar o rastreamento de aeronaves em voo.

AEROIN4

Muitas vezes nós, passageiros, não imaginamos o que está por trás de um voo de avião. Além de toda a tecnologia à bordo da aeronave, instrumentos em terra e satélites estão trocando informações constantemente com vista a prover o melhor rastreamento de uma aeronave em voo.

A Inmarsat, maior empresa de serviços de comunicações móveis globais por satélite do mundo, já anunciou seu apoio às recomendações da ICAO para reforçar a segurança da aviação e afirma que está pronta para participar da adoção de um padrão baseado em desempenho para o rastreamento global de aviões comerciais.

A ICAO quer que o rastreamento de voos seja implementado o mais rapidamente possível, como parte do Sistema de Socorro e Segurança Aeronáutica Global (GADSS). A vigilância ADS-C já possibilitou o aumento da capacidade da aviação e uma utilização mais eficiente nas regiões oceânicas. Os contratos podem ser configurados para responder automaticamente em intervalos de tempo predeterminados e para proporcionar capacidades adicionais de monitoramento de conformidade.

Mais de 90% das aeronaves transoceânicas de fuselagem larga atualmente contam com equipamentos aviônicos compatíveis com o uso de ADS-C, o que significa que o sistema pode ser implantado rapidamente para garantir uma harmonização global e uma operação impecável.

O ADS-C fornece o rastreamento ativo da posição da aeronave através da transmissão da posição atual da aeronave e das duas próximas posições planejadas, permitindo que os despachantes de voo e os controladores de tráfego aéreo acompanhem o progresso da aeronave e possam prever a sua próxima posição.

Em outras palavras, isso quer dizer que seu voo vai ficar ainda mais seguro e rastreável. Desaparecimento de aeronaves, como o caso do Malaysia, nunca mais deverão acontecer!

Comente