Novo Hércules civil decola pela primeira vez, cliente-lançador é brasileiro.

Decolou nesta sexta-feira, 26 de maio, pela primeira vez o LM-100J, a versão comercial do C-130J Super Hércules. A data é uma marca para a família C-130 Hércules produzida pela Lockheed Martin na cidade americana de Marietta, Geórgia.




O LM-100J pode servir em várias áreas como serviço humanitário em desastres ambientais, acidentes nucleares, vazamento de óleo no mar e até combate a incêndio, declarou o piloto-chefe Wayne Roberts. “Este avião permite chegar a áreas remotas, ajudar na exploração de petroléo e de minerais. O dia de hoje marca o início de uma tremenda capacidade comercial que apenas o LM-100J pode entregar”, conclui Wayne.

A versão que decolou já é a 17ª variante desenvolvida a partir do C-130J Super Hércules. É uma versão melhorada do L-100, que a Lockheed Martin produziu de 1964 até 1992 e é operado mundo afora, principamente em locais de difícil acesso.

O LM-100J terá como seu primeiro cliente a brasileira Bravo Industries, empresa especializada em logística e que encomendou 10 unidades do modelo no ano passado. A expectativa é que a aeronave seja certificada pela FAA em 2018 e que as entregues comecem logo em seguida.

Pela Assessoria de Imprensa da Lockheed Martin. 

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e graduando de Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.