O americano que mora em um avião – ou melhor, em dois.

O norte americano Joe Axline é um residente do estado do Texas muito curioso, isso porque ele fez de uma aeronave sua moradia permanente. Inspirado em um sonho antigo, divorciou-se em 2011 e decidiu colocar em prática o projeto que chama de ‘Freedom’, liberdade, em português.

Seu primeiro passo foi comprar um terreno na cidade de Brookshire, que é conhecida por ter uma cultura bastante ligada à aviação. Após uma busca de quatro meses, Joe Axline encontrou a estrutura de sua futura casa, um avião aposentado. Ou melhor, DOIS.

Um deles é o modelo MD-80 que mandou trazer de um deserto no Arkansas, e o outro um DC-9 ex-Spirit Airlines, advindo de um parque temático na Flórida. Desde então ele vem trabalhando para decorar o interior de sua moradia, que já inclui diversas funcionalidades e ambientes.

 

Joe Axline

 

Hoje, a parte principal de sua casa é o MD-80, onde encontra-se uma sala de estar para visitantes, sua cama queen size, dois ‘quartos’ para seus filhos adolescentes, além de um banheiro.

Ele pode receber visitas e até fazer um tradicional churrasco americano no espaço externo, onde instalou uma churrasqueira e mesas. Com o espaço que sobrou, ele ainda pôde construir seu escritório e uma cozinha. “Esses aviões são grandes o suficientes pra morar confortavelmente.” disse Axline, agora com 55 anos e trabalhando com suporte de vendas. “Conforme vamos ficando velhos, nossas necessidades mudam e temos que perceber o que realmente importa.” completou.

Fotos: Troy Fields

As aeronaves, que atualmente recebem melhorias, têm pisos de madeira, iluminação com luzes LED e ar condicionado para suportar o forte calor do estado durante o verão. Algumas sessões foram mantidas intactas propositalmente: o cockpit ainda tem componentes originais, bagageiros internos servem de armário e as luzes para leitura de passageiros também funcionam.

Alguns planos para o futuro estão em pauta, como a montagem de um cinema e sala de brinquedos e artes para crianças. As ‘instalações’ inusitadas, obviamente, atraem quem passa por ali, pedindo para tirar fotos e conhecer o local. Segundo ele, já virou uma rotina. “Muita gente vem aqui jogar Pokemon GO pois aqui tem um tal de pokestop. 

Acredito que faz parte, mas minha filha uma vez já pediu para que parássemos de receber as pessoas.” comentou Joe. Ele também admitiu que não foi tão fácil adaptar a ideia na cabeça das crianças e da namorada sobre viver dentro de um avião, mas que hoje em dia eles todos desfrutam.

Cockpit da casa de Joe Axline.

André Le Senechal

Pesquisador apaixonado, piloto privado. Aluno de Aviação Civil na Anhembi Morumbi. Respira o ar do Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos. Assíduo praticante de Plane Spotting e Simuladores de voo.

12 Comments:

  1. poderia ter um acabamento melhor..

  2. Meu sonho é morar em um avião assim ou em um contêiner.

  3. boa tarde, os eterno mcdonnell-douglas feliz ano novo pra nos todos. fiquem com deus

  4. Que legal <3 infelizmente isso é para poucos.... 🙁

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *