Qatar cancela compra de Airbus e encomenda Boeing 747.

A Qatar Airways foi o cliente lançador do A350XWB no mercado, e a companhia tem mais de 80 unidades encomendadas, incluindo a versão A350-1000 de maior capacidade do jato de linha aérea internacional, mas parece que a companhia se arrependeu e não quer mais algumas de suas ordens.




Uma reportagem da Bloomberg revelou que quatro unidades, com valor equivalente a mais de R$ 1 bilhão, foram canceladas pela aérea do golfo. Isso porque seu CEO, Akbar Al Baker, é muito exigente em relação à indústria, e não está gostando dos atrasos que a Airbus está impondo em sua frota, e nem da qualidade do interior das aeronaves.

Como retaliação, além de cancelar as quatro unidades, ele encomendou duas unidades do Boeing  747-8F, a versão cargueira do jumbo.

Outras fontes reportam que devido a dificuldade que a aérea está tendo em relação ao mercado tornaria o atraso mais vantajoso, mas a versão oficial é que a empresa está tendo que atrasar a abertura de novas bases, incluindo o Rio de Janeiro e Santiago, por conta do calendário da fabricante de aviões.

Os fãs do mítico 747 agradecem a sobrevida que o jato vai ter!

Informações: Bizzjournals 

André Le Senechal

Pesquisador apaixonado, piloto privado. Aluno de Aviação Civil na Anhembi Morumbi. Respira o ar do Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos. Assíduo praticante de Plane Spotting e Simuladores de voo.

Um Comentário:

  1. Em maio de 2003, trabalhando para a então FSB – Flight Safety Boeing (mais tarde Alteon Training Asia LLC; hoje Boeing Training) – fui apresentado em Seattle-WA a um simulador “zero km” de B767, que nunca havia sido usado e provavelmente nem seria, pois iriam “descontinuar a linha de montagem do avião naquele mesmo ano” (não havia mais encomendas). 14 anos depois, ainda está sendo fabricado, ainda que só para carga e/ou só mediante encomenda etc…e assim é a Boeing. “Tudo depende”…sabe Deus se o B747 morre em seguida ou não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *