RIOgaleão investirá R$ 12 milhões em sustentabilidade no próximo ano.

Foto Divulgação Aérea_RIOgaleão
Pela primeira vez, o RIOgaleão participará da Conferência Airports Going Green, que acontece até o dia 28 de outubro, Chicago, nos Estados Unidos.

Este é o oitavo ano do fórum, promovido pelo Departamento de Aviação de Chicago e pela Associação Americana dos Aeroportos Executivos, que reúne os principais líderes, especialistas e influenciadores de sustentabilidade no segmento da aviação para networking, estudo de casos e apresentação de novidades no segmento. Até o próximo ano, a intenção do RIOgaleão é conquistar uma redução de 10% de consumo energético (sendo 20% até 2025) com investimento de 12 milhões em 2016.

Durante o terceiro dia de conferência (27), Milena Martorelli, gerente de sustentabilidade do RIOgaleão, ministrará palestra sobre o planejamento sustentável da zona aeroportuária carioca para as Olimpíadas de 2016. Ao longo da apresentação, a executiva compartilhará a evolução operacional do aeroporto, neste primeiro ano de concessão, tanto no aspecto físico quanto operacional e sustentável, englobando estacionamentos, píer e pátio sul, pontes de embarque, novas opções de alimentação e lojas, modernização do RIOgaleão Cargo (terminal de cargas) e qualidade no atendimento. Somado a estes pontos, serão debatidos, também, os investimentos em sustentabilidade por intermédio do Programa Integrado de Eficiência e Sustentabilidade (PIES), que inclui o Plano Waste and Energy Zero com o intuito de trazer melhorias e eficiência energética aplicadas no dia a dia do aeroporto e de seus frequentadores.

O Plano Waste and Energy Zero tem como objetivo a produção de energia limpa por meio do tratamento dos resíduos (biocarvão) e da energia solar captada de placas solares a serem instaladas em uma área equivalente à 2.000m². Por meio do programa, a concessionária poderá utilizar a energia gerada no abastecimento dos veículos elétricos do RIOgaleão e em tomadas nos terminais de passageiros e de cargas, tornando possível a recarga de 20,5 milhões de celulares a cada ano.

No plano de sustentabilidade do RIOgaleão estão estipulados diversos compromissos, entre os quais, o tratamento dos resíduos; redução de emissão de poluentes por meio da diminuição do transporte dos resíduos para aterro sanitário; uso da água fertilizada gerada no processo de tratamento de resíduos para irrigação das áreas verdes; proteção ambiental e de saúde pública, evitando o envio de resíduos para aterros sanitários; diversificação da matriz energética, utilizando os resíduos e energia solar como matéria prima; fomento de geração de renda nas cooperativas de recicladores e a promoção da reciclagem dos resíduos do sítio aeroportuário.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *