Spotter Day de Brasília levou 100 fotógrafos para a pista.

Imagem: Daniel Zukko / Divulgação Inframerica.

O evento Spotter Day em comemoração aos 60 anos do Aeroporto de Brasília, realizado neste sábado (27/05) reuniu um grupo de amantes de fotografia de aviões para uma manhã de muitos cliques na pista de pousos e decolagens do terminal aéreo.




O evento aconteceu das 6h às 10h e, neste período, os spotters puderam registar mais de 100 movimentos aéreos em um ponto exclusivo e restrito do aeroporto, a cerca de 300 metros de distância da pista. A ação seguiu todos os protocolos de segurança para o ingresso a área restrita do terminal e foi planejado com o objetivo de proporcionar os melhores ângulos e iluminação para os fotógrafos. Foram ao todo 130 participantes.

O hobby de fotografar diferentes modelos de aeronaves durante pousos ou decolagens é uma atividade comum nos aeródromos do mundo. No Brasil, o número de interessados cresce cada vez mais. O Aeroporto de Brasília foi um dos pioneiros em estimular a atividade no país, e hoje, o Spotter Day do terminal brasiliense é o maior do Brasil realizado por um administrador aeroportuário.

Imagem: Camila Stivelberg / Divulgação Inframerica.

O fotógrafo com a melhor foto tirada no dia ganhará um final de semana em Foz do Iguaçu com acompanhante. A hospedagem ficará por conta da Bancorbrás e a passagem aérea será oferecida pela Avipam. As imagens serão lançadas no Facebook do Aeroporto para votação aberta. A foto mais votada levará o prêmio.

A edição comemorativa do Spotter Day teve o apoio de importantes empresas do setor aéreo e marcas de Brasília. A Bancorbrás, Abear, Embraer, Copa Airlines, Avianca, TAP, Lo Voglio, Dufry, Casa do Pão de Queijo, Chilli Beans, Win Club, Latam, Azul Linhas Aéreas, Padaria Vitória, Amor aos Pedaços, Experimente Brasília, são os parceiros que presentearam os participantes com brindes e incentivos ao hobbie.

Imagem: Camila Stivelberg / Divulgação Inframerica.

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da Inframerica.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.