Surinam Airways, uma experiência de voo diferente.

Surinamcapa

Márcio Rebello Ferreira voou num voo não muito comum aos brasileiros. Ele foi ao Suriname com escala na Guiana Frances e conta para nós como é o serviço da Surinam Airways. Confira.

 

Apresentaremos a seguir a experiência em voo internacional, percorrendo com a Surinam Airways o trecho de Belém a Paramaribo (Suriname), com escala em Caiena (Guiana Francesa), tanto na ida quanto na volta.

Os voos realizados por mim foram os PY9918 (voo de ida) e PY9917 (de volta), a bordo das aeronaves PZ-TCO e PZ-TCN, respectivamente; ambas do modelo Boeing 737-300, configuradas para 8 passageiros na classe executiva e 118 na econômica.

 

Ida para o Suriname

Não é necessário visto para entrar no Suriname, apenas passaporte. Realizei a reserva através de uma agência de viagens, haja visto que não é possível comprar diretamente no site da Surinam Airways, para vôos que se iniciam em Belém. O valor foi pago a vista pois também não é possível parcelar.

Os check-ins, tanto em Belém, quanto em Paramaribo, foram tranquilos e não havia fila, pois cheguei 3 horas antes, conforme recomendação da companhia. Vale lembrar que a Surinam Airways exige que se faça a reconfirmação do voo, através do site dela, pelo menos 48 horas antes da viagem.

Como os voos não estavam cheios, o processo de embarque nos dois aeroportos foi rápido.
Os voos saíram sem atraso e a escala em Caiena durou 1 hora na ida e apenas 30 minutos na volta.

Um detalhe que vale salientar é que o aeroporto de Paramaribo fica distante cerca de 45 km do centro (o deslocamento leva cerca de 1 hora) e, por ter poucos voos, costuma ficar deserto fora do horário deles.

 

Chegada

Ao chegar em Paramaribo, a maioria dos passageiros seguiu em conexão para outras cidades, de modo que a passagem pela imigração e retirada das bagagens foram rápidas.
O desembarque em Belém também foi tranquilo.

Os dois aeroportos possuem free-shop. O de Belém é operado pela empresa espanhola Aldeasa, e tem como carro-chefe bebidas e perfumes. No de Paramaribo, a maioria das lojas estavam fechadas e as que estavam abertas também tinham bebidas e perfumes como seu principal atrativo.

 

Serviço a bordo

Conforme já relatado, os voos foram realizados em aviões 737-300. A viagem foi realizada na classe econômica e o espaço para as pernas era bom, porém as poltronas apresentavam um pouco de desgaste, mas normal para a idade do avião.

Os avisos eram falados em inglês, exceto o trecho Paramaribo-Caiena em que houve avisos em holandês também.

O trecho de Belém-Caiena durou 1 hora e 20 minutos e foi servido um sanduíche quente de queijo, acompanhado de bedidas (água, refrigerante, suco). Já no trecho Caiena-Belém, foi servido um sanduíche quente de frango desfiado acompanhando novamente de bebidas.

Nos trechos Caiena-Paramaribo-Caiena, não foi servido nada, em razão dos vôos durarem apenas 40 minutos.

O avião não possui entretenimento, apenas uma revista de bordo com reportagens em inglês e em holandês.

 

Na minha opinião…

Os voos foram bem tranquilos, sem nenhum tipo de ocorrência, inclusive o da volta chegou adiantado em cerca de 30 minutos. Apesar do serviço de bordo simples e a falta de entretenimento, essa é de longe a forma mais rápida de se chegar a Paramaribo, pois mesmo com a escala em Caiena a viagem dura cerca de 3 horas.

routemap

8 Comments:

  1. Bom artigo. Parabéns pelo trabalho!

  2. Obrigada pelas informacoes! Muito dificil obte-las pois nao e um destino comum! Ha como pegar taxis? Ou melhor entrar em contato com o hotel para transfer? Como voce fez para fazer cambio?

  3. Outra duvida: voce fez a transferencia para a loja ou cartao via agencia de viagens?

  4. Moro em Belém e estou pretendendo ir p Miami, vc sabe me dizer se é necessário passar pela alfandega em Paramaribo quando o destino final é o EUA.

  5. Diogo Marcelino da Silva

    Bom post! Tenho uma dúvida: quero ir a Paramaribo, e esse voo tem escala em Caiena. É necessário tirar o visto para Guiana por causa da escala?

  6. Tenho uma dúvida, estou indo para Miami, e esse meu voo tem escala em Caiena de 45 minutos e no mesmo avião eu sigo para Paramaribo é necessário eu tirar o visto de transito para Guiana por causa da escala?

Comente