TAM Cargo integra pela primeira vez a feira Gira Calçados, na Paraíba.

TAM-Cargo-B767_300FER-FotoAeroIn-960px
A TAM Cargo, unidade de cargas do Grupo LATAM, participará pela primeira vez da feira “Gira de Calçados”, uma das maiores do setor no Nordeste e que será realizada em Campina Grande (PB), em sua quinta edição, entre os dias 10 e 12 de maio. A empresa atende regularmente o mercado calçadista brasileiro, com o transporte desses produtos e de curtume, matéria-prima dos calçados. Em 2015, esse volume chegou a mais de 950 mil quilos, atendendo a todas as regiões do Brasil.

No evento, que será promovido na sede da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEP), a companhia estará presente com um estande, que terá a equipe comercial Nordeste dedicada para o atendimento durante a feira. “Essa é uma área estratégica para a TAM Cargo, e que vem crescendo em razão do fortalecimento da indústria doméstica brasileira de calçados, provocado pela valorização do dólar. Estamos muito confiantes com os resultados que podemos alcançar na feira”, afirma o gerente sênior comercial de cargas Brasil da TAM Cargo, Diogo Elias.

O executivo destaca ainda que a região Nordeste é um mercado estratégico para a empresa, pois a economia da região está em constante processo de desenvolvimento, recebendo várias indústrias como efeito dos benefícios fiscais concedidos pelos governos estaduais.

De acordo com os organizadores, a 5ª edição do Gira Calçados reunirá calçadistas do Nordeste e lojistas de todo o Brasil para a realização negócios. Estão previstas rodadas de negócios, capacitações, desfiles, 70 expositores e mais 250 lojistas. A expectativa é de movimentar R$ 6 milhões em negócios, com vendas de calçados, carteiras, bolsas e acessórios em geral, entre outros.

Entre as novidades deste ano, o evento apresenta showroom com empresas de componentes, desfiles e a loja conceito, que proporcionará aos participantes a oportunidade de conhecer o que é necessário para uma loja potencializar vendas.

Luis Neves

É agente de turismo e acompanha a evolução da aviação brasileira desde o final da década de 80. Fotografa tudo o que voa e tem uma das maiores coleções de fotos de aviação do Brasil.

Um Comentário: