Terminal de carga do Salgado Filho cresce 20% nas importações.

Em 2016, o terminal de logística de carga (Teca) do Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre (RS), registrou crescimento de 20% no volume de importações. No ano, foram contabilizadas 6.988 toneladas de cargas movimentadas, ante as 5.818 toneladas registradas em 2015.

Para a gerente de Negócios em Logística de Carga em exercício do terminal gaúcho, Simone Doro, esse número foi resultado do trabalho realizado por toda a equipe da Logística de Carga que atua no Teca, principalmente junto aos importadores, por meio da fidelização e da manutenção dos clientes. “O cronograma de visitas foi concluído com sucesso, trazendo aumento no grupo de clientes fidelizados, passando de 10 empresas em 2015 para 17 no final de 2016”, destaca ela.

Fato relevante também foi a entrada de uma grande empresa do ramo de calçados femininos na carteira de clientes do TECA gaúcho, que incrementou as importações no segmento têxtil em 2016.

Entre os principais segmentos que utilizaram o Teca do Salgado Filho para importação estão o automotivo, de calçados e bolsas, metal-mecânico, tecnologia, entre outros. “Também tivemos cargas de clientes dos setores químico, farmacêutico, têxtil, equipamentos e instrumentos médicos”, elenca a gerente.

Metas para 2017

Para este ano, a equipe de Logística de Carga do terminal gaúcho continuará trabalhando com o mesmo foco. “Vamos atuar na manutenção dos clientes fidelizados, pois temos o compromisso de prestar-lhes o serviço de boa qualidade, como sempre fizemos”, reforça a gerente de Negócios em Logística de Carga do terminal gaúcho em exercício, Simone Doro, que acrescenta: “O terminal de carga é muito dinâmico e contagiante, trabalhamos com visão de melhor atender nosso público, pois essa é a marca da Infraero, e continuaremos agindo assim”.

O terminal de logística de carga do Aeroporto Salgado Filho conta com 27 empregados da Infraero e 40 terceirizados.

 
Pela Assessoria de Imprensa da Infraero.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *