Turkish Airlines anuncia tarifas especiais nas Classes Econômica e Executiva.

Turkish 777

A Turkish Airlines, considerada ‘A Melhor Companhia Aérea da Europa’ pela sexta vez consecutiva segundo ranking 2016 Skytrax, anuncia tarifas especiais nas Classes Econômica e Executiva para destinos na Europa, Ásia e Oriente Médio.

Para a Europa, os bilhetes são na Classe Econômica com valores a partir de USD 499 para Paris e Roma e a partir de USD 549 para Atenas e Madri. Quem deseja voar para o Oriente Médio, em Econômica, encontra tarifas a partir de USD 641 para Dubai, Emirados Árabes, USD 659 para Tel Aviv, Israel, e USD 791 para Amã, na Jordânia. Também há ofertas na Executiva, em voos a partir de USD 1.999 para Amã, Dubai e Cairo, Egito, e a partir de USD 2.209 para Beirute, Líbano.

A Ásia, um dos destinos mais procurados, está com valores a partir de USD 639 para Bangkok, Tailândia, em Classe Econômica, e a partir de USD 2.999, na Executiva. Xangai, na China, sai a partir de USD 695 e USD 2.999, respectivamente. Com valores a partir de USD 2.999 em Classe Executiva, a companhia opera para os destinos Bangkok (Tailândia), Xangai (China), Nova Deli (Índia), Osaka (Japão), Cingapura (Cingapura), Seul (Coreia do Sul) e Hong Kong (Japão).

A venda dos bilhetes será realizada até dia 09 de novembro, sendo que o período de embarque válido para a Classe Econômica é de 28 de outubro até 31 de março de 2017, e para a Classe Executiva é exigida a antecedência mínima de compra de 14 dias. Os valores são de ida e volta com saídas do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

Os preços não incluem taxas e estão sujeitos a disponibilidade e alterações sem prévio aviso. Mais informações podem ser encontradas nos sites: www.turkishairlines.com / www.flyturkish.com.br ou pelo telefone (11) 3371-9600.

 
Da Assessoria de Imprensa da Turkish Airlines.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é assessor de editoria do AEROIN.

2 Comments:

  1. No momento politico que a Turquia passa, eu não me aventuraria fazer conexão em Istanbul. Isso sem se falar que o Atatürk em horario de pico é um zoo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *