UNITED AIRLINES vai usar lixo residencial como combustível de avião.

EcoSkies+plane_1
A United Airlines anunciou um investimento histórico, de capital próprio, de US$ 30 milhões na Fulcrum BioEnergy, Inc., desenvolvedora de combustíveis alternativos com sede nos Estados Unidos, pioneira no desenvolvimento e comercialização de conversão de resíduos sólidos urbanos em biocombustível sustentável de baixo custo para aviação.

Este é o maior investimento feito por uma companhia aérea dos Estados Unidos em combustíveis alternativos e coloca a United na vanguarda da indústria da aviação, na utilização de biocombustíveis de aviação e redução de emissões de carbono. Além do investimento financeiro, a United e a Fulcrum firmaram um acordo que contempla o desenvolvimento conjunto de até cinco projetos localizados perto de hubs da United, com potencial de produção de até 180 milhões de litros de combustível por ano.

“Nós sabemos que combustível alternativo é uma indústria emergente e vital para o futuro da aviação, e esta é apenas uma das nossas iniciativas para ajudar a tornar esses combustíveis vendáveis e escaláveis”, afirmou o Vice-Presidente Executivo e Conselheiro Geral da United, Brett Hart. “Investir em combustíveis alternativos é, não só, bom para o meio ambiente, como é um movimento inteligente para a nossa companhia, já que biocombustíveis têm o potencial para se proteger contra a volatilidade dos preços futuros do petróleo e regulamentos de carbono”.

Confira um infográfico que explica o processo (em inglês).

Infographic_Fulcrum

 

A United também negociou um acordo de fornecimento de longo prazo com a Fulcrum e, de acordo com a disponibilidade, terá a oportunidade de comprar pelo menos 90 milhões de galões de combustível sustentável de aviação por ano, por no mínimo 10 anos, a custos competitivos com combustíveis de jatos convencionais. Este combustível alternativo atende a todos os requisitos e especificações técnicas da companhia aérea, e irá equipar a aeronave da mesma forma como um combustível de jato convencional. A Fulcrum espera que sua primeira fábrica de combustível alternativo comece a operar comercialmente em 2017.

 

A Tecnologia Resíduos-Biocombustível da Fulcrum

A tecnologia empregada pela Fulcrum converte lixo doméstico, entendido como resíduo sólido urbano (MSW, na sigla em inglês), em combustível renovável de aviação. Este combustível proporciona uma redução superior a 80% nas emissões de carbono quando comparado ao combustível de aviação convencional. Por serem considerados de baixo custo, os resíduos são matéria-prima atraentes, tem volatilidade limitada e disponibilidade praticamente infinita.

O acordo da United com a Fulcrum prevê a diminuição da queima de carbono da companhia aérea através do uso de biocombustível de aviação sustentável, além do desvio dos resíduos dos aterros e a criação de novos postos de trabalho nessas comunidades onde as novas instalações da Fulcrum estão localizadas. Os projetos da desenvolvedora também contam com apoio e participação da Força Aérea e da Marinha dos Estados Unidos para a futura produção de um combustível que atenda as especificações militares.

“Esta parceria reforça os esforços da United para ser líder em combustíveis alternativos, bem como os nossos esforços para liderar a aviação comercial como uma empresa ambientalmente responsável”, disse Angela Foster-Rice, Diretora Geral da Unites para Assuntos Ambientais e Sustentabilidade. “Do nosso programa de compensação de carbono para a nossa tecnologia winglet de economia de combustível, este investimento na Fulcrum representa mais um exemplo de nosso compromisso para um futuro mais sustentável, conforme nosso programa Eco-Skies”.

“A United Airlines acaba de demonstrar por que ela é uma das líderes na aviação comercial,” afirmou E. James Macias, Presidente e CEO da Fulcrum. “O investimento e a participação da United em nossos projetos dão um grande impulso ao nosso programa. O apoio e o compromisso da companhia aérea aceleram a nossa agenda para trazer grandes volumes de combustíveis sustentáveis a preços competitivos para a United e o restante da indústria da aviação”.

 

Histórico de Biocombustíveis de Aviação da United

A United é a primeira companhia aérea dos EUA a investir em uma empresa de biocombustíveis. Esta é mais uma de uma série de inovações para a companhia aérea que, desde 2009, tem feito investimentos significativos no avanço dos biocombustíveis sustentáveis de aviação.

• Em 2009, a United fez história como a primeira transportadora norte-americana a realizar um voo de demonstração de um bimotor usando biocombustíveis sustentáveis.
• Em 2011, a United operou o primeiro voo de passageiros dos EUA alimentado por biocombustíveis avançados feitos de algas.
• Em 2012, a United liderou a Iniciativa de Biocombustível Sustentável da Aviação no Centro-Oeste (MASBI em inglês), uma parceria público/privado de especialistas de toda a Região Centro-Oeste dos Estados Unidos, para acelerar a comercialização de biocombustíveis avançados para a aviação.
• Em 2013, a United anunciou uma parceria com a AltAir Fuels para que biocombustíveis avançados de aviação fossem utilizados em voos foram do hub de Los Angeles da companhia, fazendo da United a primeira operadora dos EUA a executar um acordo de escala comercial de biocombustíveis de aviação. A United espera iniciar voos regulares usando combustíveis da AltAir ainda este ano.
• Em 2015, a United recebeu o Prêmio World Bio Markets (WBM) pela Excelência em Biocombustíveis Avançados.

Para mais informações sobre o compromisso da United com o meio ambiente, acesse united.com/ecoskies.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *