Viracopos assina contrato com IATA para obter certificado CEIV Pharma.

vcpceiv1
O Aeroporto Internacional de Viracopos assinou nesta semana um contrato com a IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo) para iniciar o processo de certificação CEIV Pharma (Centre of Excellence for Independent Validators).

O CEIV Pharma é um programa de certificação global padronizado, que treina e realiza avaliações para garantir o conhecimento necessário para o transporte de produtos farmacêuticos de cadeia fria. Com isso, Viracopos é um dos dois aeroportos da América Latina que está em vias de obter a certificação CEIV Pharma. O processo de certificação deve ser concluído em até seis meses.

“É muito importante para Viracopos a conquista da certificação da CEIV Pharma. Com isso, o Terminal de Carga do aeroporto passará a ser reconhecido como operador global de cargas de produtos farmacêuticos”, disse o assessor de Negócios de Carga de Viracopos, Adam Cunha.

O objetivo da obtenção deste certificado é garantir que o armazenamento e o transporte de produtos da indústria farmacêutica estejam em conformidade com as melhores práticas e normas operacionais adotadas no mercado internacional, garantindo ainda mais qualidade aos serviços oferecidos e à integridade da cadeia fria, além de reduzir os riscos e custos logísticos para os clientes deste setor estratégico.

O certificado CEIV Pharma apoia os terminais logísticos a apresentar a qualidade e confiabilidade em seus serviços para as empresas do ramo farmacêutico, favorecendo o crescimento de novos negócios neste setor.

vcpceiv2

 

Evento

Em junho do ano passado, Viracopos realizou um evento, em parceria com a IATA e com a participação da comunidade aeroportuária, para debater sobre o CEIV Pharma. Participaram agentes de cargas, companhias aéreas, ESATAS, além de transportadores e exportadores e importadoras de produtos farmacêuticos.

Entre os temas discutidos no evento estavam as diretrizes de avaliação de pré-validação, metodologia de avaliação e um curso de formação para os participantes, que levaram o certificado ao final. “Fizemos este evento porque a responsabilidade de cuidar das cargas farmacêuticas é de toda a cadeia. É pertinente para garantir uma cadeia logística segura para esse setor sensível, que tem destaque em Viracopos”, destacou Adam Cunha.