Visitamos as obras do novo terminal do BH Airport, em Confins.

Novo Terminal 2 BH Airport CNF

Nesta segunda-feira (5), tivemos a oportunidade de visitar as obras do novo terminal do BH Airport, o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, localizado em Confins, região metropolitana da capital mineira. A obra, que começou há menos de um ano, já está 75% concluída e demonstra o compromisso da concessionária com o desenvolvimento do terminal.

O Aeroporto Internacional de BH foi construído em 1984. Em Abril de 2014 foi concedido à iniciativa privada no plano de concessões de grandes aeroportos, tendo assumido seu controle a BH Airport – consórcio formado pela brasileira CCR, que é conhecida por administrar diversas rodovias e outros empreendimentos, e pela Zurich Airport, administradora do Aeroporto de Zurique, o maior da Suíça.

Desde 2014 a BH Airport realizou fortes investimentos no Aeroporto, como revitalização completa do Terminal 1, modernização do Terminal 3 (antigo puxadinho feito pela Infraero e utilizado hoje para voos internacionais), recapeamento da pista, além de outras diversas melhorias. Mas o principal termo do contrato é a construção do Terminal 2, que conforme projeto original de 1984 seria ao lado do atual terminal.

Isolamento Termoacústico é vísivel no teto.

Isolamento Termoacústico é vísivel no teto.

Começamos a visita passando pelas duas torres de reuso de água, que também são marca do antigo terminal. Além dessas duas torres, mais dois tanques subterrâneos serão utilizados para o reuso da água de chuva. Esta é apenas uma das novidades do novo terminal, que é totalmente sustentável, seguindo o conceito do Aeroporto de Confins como um “Aeroporto Tropical”, com uso mínimo de ar-condicionado e luz artificial. O novo terminal chama atenção por suas placas de isolamento acústico e o seu forro de isolamento térmico, possibilitando um ambiente arejado e claro, mesmo sem nenhum uso de energia.

O novo terminal tem uma área total de 49.000 m² e contará com 17 novas pontes de embarque, explica o Engenheiro Alexandre Melo: “A capacidade atual do aeroporto é de 11 milhões de passageiros ao ano. Iremos elevar isso para 20 milhões com o novo terminal, e evitando o uso de posições remotas, para maior conforto do passageiro.” O terminal conta com quatro pontes de embarque duplas, que permitem embarque e desembarque simultâneo de uma aeronave de fuselagem larga (Ex: Airbus A330) ou de duas aeronaves de corredor único (Ex: Dois Embraer E195).

Das quatro pontes duplas, três serão para uso internacional e uma nacional, mas não serão restritas a essa divisão “Colocamos um pavimento a mais exclusivo para o embarque/desembarque internacional. O passageiro que vai para o exterior fica num lounge de espera e segue para o gate na hora do embarque, passando por uma passarela paralela ao saguão doméstico, e desce uma escada rolante ou elevador diretamente no seu gate. Desta forma podemos separar os fluxos de passageiros e, em caso de necessidade, usar um portão que seria só internacional para embarque doméstico.” complementou Alexandre.

Paulo Rangel BH Airport CNF

Diretor-Presidente da BH Airport, Paulo Rangel: “Tivemos uma redução de 15% no número de voos do ano passado para este ano, mas a perspectiva é da volta do crescimento no próximo ano.”

As obras do novo Terminal surpreendem passageiros por sua velocidade. A previsão de entrega é em Dezembro, 1 ano e 2 meses após o início das obras. Atualmente a obra conta com 1300 trabalhadores em 3 turnos, e em 40 dias começarão os testes avaliativos do terminal. O investimento da BH Airport é de R$750 milhões de reais no novo Terminal, que somados com os investimentos no terminal atual, chega-se a um valor total de R$880 milhões de reais. Conversamos com o Diretor-Presidente do Aeroporto, Paulo Rangel, que nos falou um pouco da situação geral do aeroporto:

“Quando assumimos o aeroporto em 2014, a realidade econômica era outra. Agora estamos em uma recessão, mas continuamos com o cronograma. Sabíamos do risco ao assinar o contrato e não nos arrependemos. Os piores meses foram Abril, Maio e Junho, porém o mês de Julho já demonstrou uma diminuição na queda. Vamos entregar o novo terminal em Dezembro, até o Natal queremos que esteja completamente funcionando, queremos que o passageiro experimente o conforto das novas instalações durante a alta temporada, e temos uma boa expectativa para continuar crescendo.”

O aeroporto também conta com novo estacionamento com capacidade de 1800 vagas. Além disso, a expansão da pista de 3000m para 3600m já está praticamente concluída, esperando homologação pelos órgãos reguladores. Também existem planos concretos para uma nova pista e modernização do Terminal de Cargas.

“A construção da segunda pista, paralela à atual, está no contrato e vamos começar a mexer nisso assim que concluirmos o Terminal 2. A pista será no outro lado da rodovia que liga o aeroporto, e terá uma taxiway ligando ao terminal atual. Esta taxiway contará com um viaduto para passagem das aeronaves. Também iremos reformar o Terminal de Cargas, que é algo em potencial do aeroporto. Atualmente temos uma parceria com a Receita Federal para nacionalização de aeronaves, e semana passada recebemos o primeiro A350 nas cores da LATAM e o primeiro A320neo do continente. A concentração dos processos é algo desejável pela Receita e nos trás muitos benefícios, é bom para todos.”

DSC_0417

Novo viaduto para embarque: Dará acesso direto ao check-in internacional.

A inauguração do Terminal 2 do BH Airport será em Dezembro e você irá acompanhar aqui todos os detalhes.

Agradecimentos à BH Airport, e seus funcionários Janete, Alexandre Melo e Paulo Rangel, e à Força Aérea Brasileira e o Major Renato.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.

17 Comments:

  1. Acelerado foi deboche? ela pode estar avançando por agora, mas tem tempo já heheh

  2. Janeiro vou para Suíça voando de TAP, irei estrear o novo terminal.

  3. Espero poder estrear novo terminal em dezembro

  4. Quando que vai começar a construção da nova pista?

  5. Esse aero quando era adm pela infraero era uma bagaça, horroroso e mal cuidado, quando a concessionária assumiu já deu uma modernizada nele que já ficou muito melhor.

  6. Vai ficar show… Minas merece

  7. Muito bacana a reportagem, sou de BH e a obra está ficando muito TOP.

  8. Enquanto isso em Porto Alegre, um aeroporto sufocado, cm 2 grandes terminais lotados tds os dias, mais 2 em construção, um bairro onde maioria dos moradores já saiu e uma parte n quer sair e a pista precisa urgente d ampliação do dobro do tamanho da atual mas ninguém consegue convencer os moradores a saírem, do pátio d suas casas é possível sentir o vento dos motores das aeronaves mas eles n saem, foi concedido em leilão mas a empresa ainda n assumiu, eu duvido q esses moradores permaneçam lá qdo o SBPA for privatizado totalmente, mas ainda é Infraero e como td dela é lento resta esperar!

  9. Sou de São Paulo e embarquei para Israel cia Belo Horizonte. Na moral, é um aeroporto incrível, a parte do saguão aberta då um ar de modernidade e sofisticação, Sem contar que o embarque Internacional não é aquela muvuca como aqui em Sao Paulo/Guarulhos.

    Voei de A330 da TAP BH x LISBOA antes de seguir para Tel Aviv.

  10. sou encarregado na empresa que esta executando a obra e posso afirma e uma mega obra ,que vai tambem melhorar em muito a economia local e transformar a região

  11. Como se um aeroporto, !! Não tem uma escala internacional de peso, é linguiça horrorosa, as pontes de embarque são tímidas, as de Campinas são muito mais robustas, o aeroporto de campinas é mais robusto e imponente para uma cidade que nem capital é…BH merecia um aeroporto nos estilo de Barajas na Espanha, clean, moderno, mas uma terminal de peso que distribui passageiros para todo o mundo. Nosso aeroporto certamente ficará limitado como sempre foi servindo domesticamente a São Paulo, Rio, Salvador, Recife, Fortaleza, Natal, Curtiba e Porto Alegre além de Brasília que distribuem voos internacionais para o mundo. SOMOS MESMO UMA ROÇA E UNS ROCEIROS..A sinalização interna sequer tem padrão internacional, é local, os monitores tem uma apresentação feia, colorida e sequer segue um padrão mundial para ser chamado de INTERNACIONAL..pasmem, somos, fomos a 3a. capital mais importante do país, somos hoje abaixo de Salvador, menor que muitos que citei..uma lástima, um tento para esse povo tacanho que quer manter Minas no mundinho de sempre….será que as esteiras seguirão o padrão rodoviária? esse aeroporto mais parece uma..tudo mineirin, mineirinho

    • Só falou asneiras, parece que não conhece nenhum aeroporto brasileiro “quisá” internacional. Quanto a BH, somos a 3ª maior região metropolitana sim. Hoje não se fala Belo Horizonte e sim, Região Metropolitana.

    • Flamarion, não confundir 3a. maior em população (no municipio) com 3a mais importante em outros aspectos. A GRANDE BH continua sendo a 3a maior região metropolitana do país. São quase 6 milhões de pessoas vivendo em 38 municipios. Mas isto não é sinonimo de orgulho. Bh tem outros indicadores que nos colocam como a 3a mais importante e ai sim, nos dá orgulho. O municipio de BH deve hoje ser a 6a maior população. SP, Rio,Salvador,Brasilia, Fortaleza estão na frente.

Comente