Voando no cockpit: Entrevista com o criador da JustPlanes.

Aproximação do Airbus A340 da Air France em Saint Marteen, uma das vistas mais íncriveis que a JustPlanes gravou ao longo de seus 26 anos.

Para todo entusiasta da aviação, quanto mais perto de um avião, melhor! E porque não poder conhecer a cabine de centenas de aeronaves e como tudo funciona? É através de filmes assim que a JustPlanes tem feito sucesso em mais de 26 anos de operação.




Os filmes da empresa são totalmente fiéis, mostrando cada detalhe do voo, do briefing ao pouso, da configuração da aeronave até o contato com o controle aéreo. Com mais de 250 companhias aéreas filmadas em mais de 1000 destinos, podemos dizer que a JustPlanes gravou toda a aviação moderna.

Filme com a tripulação 100% feminina da Azul é um dos maiores sucessos, e para cada venda no Blu-Ray, haverá uma doação para a Femama!

Você provavelmente já viu algum dos filmes deles, seja no YouTube ou até em fita VHS. Os filmes contam com mínimo de corte e edição, e realmente mostram tudo que acontece no cockpit, do ínicio ao fim. E servem também para registrar a história da aviação. Muitos dos nossos leitores não chegaram a conhecer a Varig, VASP e Transbrasil, mas é possível ver como era o dia a dia dessas companhias aérea através da JustPlanes.

A parceria do AeroIn com a JustPlanes começou com a foto de capa do primeiro filme do A350, gravado com a LATAM, e o próximo DVD da GOL também terá a capa de nossa autoria. Fomos contactados pelo dono e fundador, Michel Moskal, e daí surgiu a idéia da entrevista, que você confere abaixo:

AEROIN: Primeiro, gostaríamos de agradecer pela entrevista. Começando do ínicio, como e quando nasceu a JustPlanes?

JustPlanes: Eu nasci na Bélgica, e estava trabalhando para a companhia aérea Sabena, quando acabei mudado para os EUA. Em 1990 eu comecei a JustPlanes pegando a minha primeira câmera e filmando os aviões no Aeroporto de Boston-Logan. Eu lancei o primeiro VHS em 1991 para ver se as pessoas teriam interesse, e daí a companhia oficialmente nasceu.

AEROIN: Quantas pessoas estão envolvidas hoje na JustPlanes?

JustPlanes: No momento nosso time é composto por 10 pessoas, da equipe de filmagem, passando pelo time de produção até a equipe de vendas.

AEROIN: Você já tinha imaginado que a JustPlanes iria tornar-se a referência quando se trata em filmes de aviação?

JustPlanes: Quando eu comecei diversas pessoas estavam rindo de mim e dizendo que ninguém nunca estaria interessado no que eu estava fazendo ou no que eu estava vendendo, isso durou muito tempo. Ao invés de me preocupar como a JustPlanes está aí fora, eu prefiro focar meu tempo em produzir novos filmes e continuar a melhorar a qualidade todo dia.

AEROIN: Quanto tempo demora da conversa inicial com a companhia aérea até o lançamento do filme? Sabemos que muitas empresas não gostam de mostrar como elas funcionam.

JustPlanes: Negociações com as companhias aéreas provavelmente é uma das partes mais complexas da produção dos filmes de cockpit. Convencê-las a fazer o que eu quero para que eu possa trazer programas interessantes para os nossos espectadores é díficil, não quero apenas estar no cockpit e filmar as nuvens passando. O processo inteiro demora de 6 a 12 meses em média, mas pode demorar 5 anos ou mais.

AEROIN: Nós olhamos o Top 25 de filmes mais vendidos, e seis deles, incluindo o mais vendido, são da Air Canada. Porque a aérea canadense é tão especial para o seu público?

JustPlanes: Primeiro queria falar que o Brasil é o número 1 para filmar na América Latina, e o Canadá é o mesmo para América do Norte. Nós trabalhamos diversas vezes no Canadá e tudo tem sido muito legal e os pilotos são ótimos para se trabalhar. Associado a isso tem o fato que eles falam inglês perfeito, algo que muitos espectadores gostam. O fato é que os EUA em si não são tão amigáveis para filmar as companhias aéreas, e o Canadá é apenas ao norte dos EUA. A Air Canada tem uma frota diversa e uma grande quantidade de destinos, e nós recebemos uma cooperação fantástisca deles para filmar exatamente o que queremos e onde queremos. Então tudo isso junto faz com que consigamos filmes fantásticos e nossos espectadores gostam disso.

AEROIN: Durante estes 26 anos de filmagens pelo mundo afora, qual foi a mais desafiante de se fazer?

JustPlanes: Nepal com certeza é um desafio. Filmamos alguns voos difíceis em aeroportos desafiadores, e tentamos capturar os melhores ângulos com câmeras externas. As filmagens incluem diversos problemas não mostrados até então, como o Aeroporto de Lukla (localizado na base do Monte Everest) que ficou 48 horas com neblina minutos após decolarmos.  

AEROIN: Na aviação, certamente Lukla é o significado de uma grande aventura! Tem alguma companhia aérea que vocês ainda não filmaram, mas que desejam fazer?

JustPlanes: Tem diversas companhias que adoraríamos filmar. Mas, novamente, ao invés de focarmos nosso tempo nas que não filmamos, preferimos concentrar nas aéreas que nós trabalhamos e tirar o melhor possível delas.




AEROIN: Falando sobre o Brasil, a JustPlanes filmou todas as grandes companhias aéreas daqui: Varig, VASP, ViaBrasil, TransBrasil, Beta, Skymaster, GOL, Azul, Avianca Brasil e agora a LATAM Brasil. É uma lista invejável, e podemos dizer que vocês gravaram uma boa parte da história da aviação brasileira! Qual o é o seu sentimento com o Brasil?

JustPlanes: O Brasil é um dos dois ou três países que eu tenho um sentimento especial. Estivemos aí diversas vezes para filmar grandes companhias como a Varig, filmamos a frota inteira da VASP e até algumas companhias que operaram o Boeing 707. O que é comum é que toda tripulação no Brasil nos tratou muito bem. Os pilotos são ótimos, realmente amam a aviação e seu emprego. Eu nunca vou esquecer como os pilotos da Varig estavam orgulhosos em mostrar o seu novo Boeing 777 para a gente!
E foi realmente adorável de finalmente trazer a TAM (LATAM Brasil) para a nossa série no cockpit, e ainda por cima o primeiro filme no novíssimo Airbus A350 XWB. Enquanto nos falamos agora, estou no estúdio editando o nosso novo filme da GOL. A Comandante Arana foi íncrivel conosco e vocês irão amar o seu trabalho. Os voos que fizemos no 737 irão sair em dois filmes neste ano.
Por último, o Brasil é um país maravilhoso, especialmente para a aviação, onde você pode curtir algumas aproximações íncriveis.

AEROIN: Realmente a aviação brasileira é única, e a JustPlanes gravou boa parte dela, desde o ínicio, ainda na época do VHS, depois na era do DVD e agora acabamos de sair do Blu-Ray para o Streaming. Como a JustPlanes vem de adaptando com os diferentes tipos de mídia durante este mais de 26 anos?

JustPlanes: Nós temos que acompanhar a evolução e oferecer o que o público quer. A dois anos atrás nós começamos com os downloads via streaming. Mais de 95% dos nossos espectadores já existentes amaram e nós ganhamos novos clientes, que podem baixar esses filmes em qualquer local do mundo em questão de minutos. Nós estamos construindo a maior coleção de filmes sobre aviação para download no mundo. Até o fim de 2017 nós devemos alcançar a marca de 500 filmes digitais!




AEROIN: Para finalizar, quais são os próximos planos para a JustPlanes?

JustPlanes: O próximo passo é começar a JustPlanes Airlines. Nós iremos oferecer viagens a baixo custo e mostraremos nossos filmes! Brincadeira haha
Como dizem, se está funcionando, continue a fazer. Vamos continuar assim, fazendo o nosso melhor e fazendo o que nossos espectadores querem. De qualquer maneira, eu sempre irei olhar outras maneiras de fazer nossos programas melhores e mais interessantes, assim o trabalho nunca irá acabar.
Eu gostaria de agradecer a todos os nossos clientes e espectadores do mundo pelo íncrivel suporte ao longo dos anos. Sem eles não seria possível fazer o que fazemos de maneira diária. Também gostaria de agradecer ao AeroIn por esta intrevista e pela parceria!

Os filmes da Varig com o MD-11, 777-200, 737-300, da VASP no combo A300 + 737-200 + MD-11, da Transbrasil com o 767-200 e -300, da Viabrasil com o 727-200F, da GOL com o 737 gravado ainda no seu primeiro ano de operação, da Azul com o E195 e muitos outros estão digitalizados e com desconto, saindo por apenas $15 dólares. Outros filmes clássicos das aéreas brasileiras em breve estarão digitalizados.

Se você preferir por filmes em alta definição, o novo filme do A350 da LATAM já está disponível. E porque não voar com a Azul em um avião comandado totalmente por elas? Confira o Ladies In Pink. A coleção da JustPlanes também conta com a Avianca voando Fokker 100! E quer saber como funciona um voo de entrega? O filme Oceanic Delivery mostra a entrega de um ATR para a Azul.

Para comprar os filmes da Just Planes você pode acessar o site deles clicando aqui ou direto na loja online. Se quiser ver uma prévia e conferir centenas de vídeos na cabine, acesse o canal da JustPlanes no YouTube.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e graduando de Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.