Widerøe, da Noruega, será a operadora de lançamento do E190-E2.

A Widerøe, maior companhia aérea regional da Escandinávia, será a primeira companhia aérea do mundo a receber o novo avião E190-E2, o primeiro integrante do E-Jets E2, segunda geração da família de E-Jets de aviões comerciais. Como operadora de lançamento do modelo, a Widerøe receberá o primeiro avião no primeiro semestre de 2018.




A Widerøe tem um contrato com a Embraer para até 15 jatos da família E2, que consiste em três pedidos firmes para o E190-E2 e direitos de compra para outras 12 aeronaves da família E2. O pedido tem um valor potencial de até USD 873 milhões, a preço de lista, com todos os direitos de compra sendo exercidos.

“O mercado estava ansioso para conhecer a identidade do operador de lançamento do E190-E2, e ficamos satisfeitos em terminar com o suspense nesta data– a Widerøe é ‘a combinação perfeita’. A companhia aérea tem um lugar especial em nossos corações; a Widerøe é uma pioneira comprovada em seu campo de atuação, tendo alcançado grande sucesso e se mantido ambiciosa, semelhante em muitos aspectos ao caminho trilhado pela Embraer”, disse John Slattery, Presidente & CEO da Embraer Aviação Comercial. “O programa E2 segue cumprindo todas as especificações técnicas, dentro do prazo e do orçamento. Nossa equipe continua focada em realizar uma entrega bem-sucedida à Widerøe no primeiro semestre do próximo ano.”

A Widerøe vai configurar o E190-E2 em uma confortável classe única, com 114 assentos. Considerando a encomenda da companhia aérea norueguesa, a carteira de pedidos dos E-Jets E2 já chega a 275 pedidos firmes mais 415 cartas de intenção, opções e direitos de compra, totalizando 690 compromissos de companhias aéreas e empresas de leasing.

Stein Nilsen, CEO da Widerøe, afirmou: “Estamos muito orgulhosos por ser a primeira companhia aérea do mundo a operar o E190-E2. Conhecendo o trabalho árduo que a Embraer vem realizando na campanha de certificação, especialmente em termos de maturidade, temos total confiança em uma entrada em serviço tranquila. O E190-E2 será um grande salto na história de Widerøe, e nosso planejamento para as primeiras entregas já está bem encaminhado.”

A Embraer é líder mundial na fabricação de jatos comerciais de até 130 assentos. A companhia conta com 100 clientes em todo o mundo operandos os jatos das famílias ERJ e de E-Jets. Somente para o programa de E-Jets, a Embraer registra mais de 1.700 pedidos firmes e 1.300 entregas, redefinindo o conceito tradicional de aeronaves regionais por meio da operação em uma gama de aplicações de negócios.

Pela Assessoria de Imprensa da Embraer. 

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.

10 Comments:

  1. Acho que não é a mais importante para a Embraer

  2. Olha ai Rafael Lima e Matheus Cordeiro a Azul perdendo a vez mais uma vez.

  3. A Azul irá estreiar o modelo E195-E2, ela não possui encomendas para o E190-E2 ou E175-E2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *