World Airways retornará como low-cost voando para América Latina

A marca da companhia aérea World Airways irá retornar ao mercado em breve. O fundo de investimento americano chamado 777 Partners comprou os direitos de uso da marca icônica e ira utiliza-lá para criar uma companhia aérea de baixo custo (low-cost) para voos de longo alcance.




Atualmente a nova World Airways está em fase de captação de fundos para certificação inicial e aquisição de aeronaves. Uma negociação está sendo feita com a Boeing para um pedido inicial de até 10 aeronaves Boeing 787-8 Dreamliner. O CEO da companhia, Ed Wegel, disse que “a World tem uma história rica que começou em 1948. Chegou a ser a maior companhia de fretamentos (charter) do mundo, e serviu às forças armadas dos EUA e outros clientes com grande distinção por muitos anos”.

A World Airways ficou famosa pelos seus charters militares na Guerra do Vietnã, levando e trazendo tropas americanas para o país asiático. Também operou voos regulares de passageiros para a Europa e voos cargueiros. Em 2014 ela declarou falência e fechou as portas.

“Hoje estamos orgulhosos de lançar as futuras operações previstas dos EUA para Ásia e América Latina. Nós iremos fazer parceria com low-costs americanas que cumprem voos de curta duração e nas regiões que iremos voar. Iremos lançar a nossa nova marca e planos nas próximas semanas”, conclui Ed Wegel.

A companhia será baseada em Miami mas também contará com um hub em Los Angeles. Estes hubs devem servir,respectivamente, à América Latina e à Ásia. Ainda não existe uma data prevista para início das operações e tão pouco as rotas a serem feitas.

Pela Assessoria de Imprensa da World Airways.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é piloto e Bacharel em Ciências Aeronáuticas. Formado em Design e Performance de Aeronaves pela California State University Long Beach e Segurança da Aviação pela Western Michigan University. Membro da AOPA e da AIAA.