2.500 atletas correram pela pista do Aeroporto de Brasília nesse domingo

Neste domingo (29), 2.500 atletas invadiram a pista de pousos e decolagens do Aeroporto de Brasília. A Flying Run foi a primeira corrida de rua realizada inteiramente na pista de um aeroporto brasileiro., segundo informou a Inframerica

Os portões foram abertos às 5h e já havia corredores na arena. Aos poucos o espaço foi enchendo e às 7h10 aconteceu a primeira largada dos atletas que competiram em 21km. Quinze minutos depois foi a vez das provas de 7km e 14km. Alguns segundos antes dos demais, largaram os dois deficientes visuais que correram acompanhados de instrutores. Dois cadeirantes também competiram. Um deles completou os 7km em menos de 45 minutos.

Clima ameno ajudou os atletas

O clima em Brasília ajudou os corredores. O dia amanheceu nublado e chovendo em alguns pontos da cidade, mas São Pedro deu uma trégua durante a prova. A temperatura ficou em torno dos 26º e com o amanhecer que só Brasília tem. Para refrescar, os bombeiros civis do aeródromo estavam posicionados estrategicamente próximos ao final do percurso e realizavam o “batismo” dos corredores que estavam prestes a cruzar a linha de chegada.

“Realizar a corrida com mais de 2 mil atletas nos fez ter certeza da imensidão da nossa pista de pousos e decolagens. Os corredores eram pequenos pontos para quem acompanhou a prova da área de convivência”, conta Rogério Coimbra, diretor de Assuntos Corporativos da Inframerica. São 45 metros de largura e 3.300 metros de comprimento.

Toda a corrida foi sinalizada pelos fiscais de pátio da Inframerica que estavam uniformizados e utilizavam o bastão luminoso para mostrar o percurso.

Em menos de 1h os primeiros lugares já estavam definidos. Enquanto esperavam o anúncio do pódio, os atletas podiam visitar as tendas com café da manhã e massagem. O último corredor ultrapassou a linha de chegada um pouco depois das 10h e foi ovacionado pelo público.

A operação do Aeroporto de Brasília continuou normalmente e todos os aviões pousaram ou decolaram na outra pista do terminal aéreo. A infraestrutura do terminal brasiliense é um privilégio que poucos aeroportos do Brasil possuem. O Aeroporto de Brasília é o terceiro maior aeroporto do Brasil em movimentação de passageiros.

O sucesso desta edição criou a expectativa para uma próxima corrida.

Depois de uma intensa fiscalização e inspeção, a operação da pista de pousos e decolagens que recebeu a corrida foi retomada.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.