Avianca falida: US$418 milhões é o lance de Efromovich por empresa indiana

O Synergy Group de Germán Efromovich revelou qual o investimento previsto na indiana Jet Airways: $418 milhões de dólares por praticamente metade da companhia.

Boeing 737-800 da Jet Airways na fábrica da Boeing © Andrew W. Sieber
Boeing 737-800 da Jet Airways na fábrica da Boeing © Andrew W. Sieber

A quantia em reais é de R$1.7 bilhão, “apenas” 1 bilhão a menos do que a dívida da Avianca Brasil quando encerrou as operações em março. A aérea brasileira foi fundada por Germán e seu irmão, José. Este valor é a proposta do Synergy Group para levar 49% da companhia e reerguer a mesma. Porém, esta quantia é 2.73x menor que a dívida atual da aérea indiana com os seus credores.

O percentual de 49% é o máximo de capital estrangeiro permitido em aéreas indianas. Efromovich também terá que provar de onde virá todo esse dinheiro antes de fechar negócio.

Os credores atualmente estão avaliando a proposta que, segundo uma pessoa próxima do caso, “está nas fases iniciais, é difícil dizer se os credores vão se interessar pela proposta do Synergy, já que o dono tem alguns problemas de insolvência no passado recente (estaleiro EISA no Rio e as Aviancas). Os credores irão se encontrar pessoalmente com Efromovich e ver como as coisas irão se desenvolver”.

O próprio Efromovich está a caminho da Índia para tratar do assunto no “olho no olho”. Enquanto isso, também está levando a United Airlines à corte americana acusando-a de golpe após exercer o direito de tomar as suas ações da Avianca Holdings, resultado de um suposto calote de empréstimo feito na virada do ano passado.

Pelo Financial Express

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos