Boeing 737 da GOL não pôde cumprir seu voo pois o trem de pouso ficou travado

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

No último dia 6 de agosto, um Boeing 737-700 da GOL Linhas Aéreas acabou tendo que retornar à sua origem após os pilotos constatarem que o trem de pouso não pôde ser retraído após a decolagem.

Tal ocorrência nos foi informada por diversos leitores no próprio dia do acontecimento, mas foi registrada na base do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), da Força Aérea Brasileira, na data de ontem (12).

O que houve

Na manhã do dia 6 (quinta-feira), a aeronave de matrícula PR-GEQ decolou da pista 15 do aeroporto internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, com destino a Brasília, perfazendo o voo G3 1841, com 103 passageiros e 6 tripulantes.

Logo após descolar os pneus da pista, os pilotos verificaram que o trem de pouso não recolheu quando a alavanca no cockpit foi posta para cima. Após algumas tentativas, e vendo que não não surtia efeito, os comandantes informaram ao controlador de saída do Rio que precisariam retornar, dando início ao procedimento de regresso ao mesmo aeroporto.

Segundo dados do FlightRadar24, os pilotos então subiram até o FL100 (10.000 pés ou cerca de 3.300 metros) e iniciaram o procedimento de retorno. Após 29 minutos da decolagem, o Boeing 737-700 pousava normalmente no Galeão.

Os passageiros foram orientados a desembarcar e uma aeronave substituta (PR-VBO) foi disponibilizada. Uma nova decolagem rumo à Brasília aconteceu 90 minutos depois. Enquanto isso, o Boeing que apresentou o problema precisou passar por uma breve manutenção e foi liberado para voar 13 horas depois, assumindo um voo com destino a Porto Alegre.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias