A primeira aérea totalmente vacinada do mundo pode ser a Singapore Airlines

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

À medida que as vacinas da Covid-19 são lançadas e enviadas para o mundo, cada país tem definido suas próprias abordagens sobre quais grupos devem ser priorizados na vacinação, em razão das características locais.

No Brasil, por exemplo, profissionais de saúde estão no primeiro grupo e serão seguidos por idosos; enquanto isso, em Nova Jérsei, fumantes foram priorizados e, no Reino Unido, houve propostas para passar grupos étnicos de alto risco ao topo da lista. Na cidade-estado de Cingapura não poderia ser diferente. Com uma alta dependência do turismo de negócios e das conexões no hub de Changi, membros da tripulação de companhias aéreas estão entrando na linha de frente, de acordo com a CNN.

Com isso, a Singapore Airlines, uma empresa largamente conhecida por seu serviço impecável, espera se tornar a primeira companhia aérea do mundo a vacinar toda a sua tripulação e pessoal de aeroportos, incluindo pilotos, comissários de bordo, agentes de embarque e qualquer outro membro da equipe que tenha contato com o público. 

Eles receberão a vacina Pfizer de duas doses fornecida pelo governo gratuitamente. De acordo com a companhia aérea, 5.200 funcionários já se inscreveram para a vacinação. Atualmente, as tripulações são testadas em seu sétimo dia de volta ao país. Uma vez vacinados, eles não exigirão testes.

“Somos gratos ao governo de Cingapura por fazer do setor de aviação uma prioridade no exercício de vacinação do país”, disse o CEO da Singapore Airlines, Goh Choon Phong, em um e-mail distribuído à empresa em 18 de janeiro, informou a CNN .

Cingapura conteve a disseminação do vírus melhor do que outras nações, em parte por conta de rastreamento de contatos e uso de drones para impor o distanciamento social. Até agora, o país teve 59.157 casos e 29 mortes, de acordo com dados do Johns Hopkins Coronavirus Resource Center.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Companhia aérea start-up colombiana quer voar até outubro com A320neo

0
A Ultra Air pode entrar em operação até outubro deste ano. A aérea deve voar inicialmente para 15 países e 29 destinos domésticos