A tripulação mais jovem a realizar uma rota comercial, juntos somam 45 anos de idade.

160926151326-kate-mcwilliams-luke-elsworth-exlarge-169

Somando-se suas idades, resultamos em apenas 45 anos. Do lado direito do cockpit Luke Elsworth, 19, o mais jovem piloto do Reino Unido, enquanto isso, no assento da esquerda, a mulher mais jovem do mundo a comandar uma aeronave comercial, a também britânica Kate McWilliams, 26.

Essa semana, sua empresa, a Easyjet, mostrou que está disposta a bater recordes e juntou os dois num voo entre as cidades de Londres e Málaga, na Espanha, para atingir mais uma marca histórica, a de tripulação mais jovem a comandar um voo regular de passageiros.

Os dois já passaram pelas páginas do AEROIN. A mais recente foi a Kate que, conforme noticiamos aqui anteontem (27),  ficou conhecida em todo mundo após sua empresa divulgar o resultado de uma pesquisa que a posiciona como a mais jovem mulher a comandar uma aeronave comercial. A história do co-piloto Luke também foi objeto de um post especial, em que sua trajetória ficou conhecida por milhares de pessoas.

Não obstante os recordes da Easyjet, que lhe dão um marketing espontâneo fantástico, as histórias de Luke e Kate dão algumas lições.

Em primeiro lugar, devemos considerar que idade não pode ser tomada como uma medida de competência. Em segundo, outra lição interessante reside no fato de que, com mais ou menos dinheiro, se a pessoa tem desejo, disciplina e dedicação, ela tem condição de atingir seus objetivos e sonhos, o máximo que pode acontecer é alguma demorar mais tempo que outra, mas no fim vale a pena. Por fim, mas não menos importante, as mulheres devem se interessar pela aviação e, se for seu objetivo, perseguir a carreira de piloto, cada vez mais o mundo está aberto para isso. Os exemplos que temos postado aqui no AEROIN corroboram com esses temas.

Informações do Liverpool Echo