A320 colide com pássaro em Porto Alegre, ouça o piloto informando sobre o incidente

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Um incidente de impacto com pássaro, o chamado “bird strike”, foi registrado na noite de ontem, 5 de março, no Aeroporto Internacional Salgado Filho, de Porto Alegre (RS).

No vídeo registrado pelo canal “Camera Aeroporto Salgado Filho”, que transmite ao vivo o movimento do local, é possível ouvir o piloto informando à controladora de tráfego aéreo, logo após o pouso, sobre a ocorrência, e depois mais conversas sobre o incidente enquanto a aeronave taxiava em direção ao pátio.

O pouso e as comunicações do vídeo acima foram registrados no início da noite da sexta-feira (05), logo após as 19h30, quando a aeronave pousava pela cabeceira 29 do aeroporto gaúcho.

O jato envolvido foi o Airbus A320 de matrícula PR-TYR, operado pela LATAM Brasil, quando chegava no voo de número LA-3217 proveniente do Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP).

Logo depois de concluir o pouso, o piloto informa à controladora de tráfego aéreo da torre de Porto Alegre que o impacto com o pássaro foi ouvido no lado esquerdo da aeronave, instantes antes do toque dos pneus do A320 com a pista, no momento do “flare” (movimento de levantar o nariz da aeronave para reduzir a razão de descida e suavizar o toque).

Pouco depois, a controladora solicita ao piloto uma confirmação mais precisa sobre o ponto da pista onde se deu o incidente e, um pouco mais tarde, pousos e decolagens foram temporariamente suspensos para uma inspeção da pista.

Embora seja incomum ocorrer choques com pássaros durante a noite, algumas espécies que possuem hábitos noturnos podem protagonizar o incidente, assim como também não é descartada a possibilidade de se tratar de morcegos.

Segundo dados da plataforma de rastreamento RadarBox, o Airbus A320 decolou de volta para Guarulhos no horário normal programado, o que indica que não foram encontrados danos na inspeção da aeronave após o incidente.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias