A320 teve para-brisa danificado ao partir do Rio, ouça o áudio do incidente

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Imagem: RadarBox

Os pilotos de um Airbus A320 precisaram modificar seu voo para um aeroporto alternado na terça-feira, 16 de março, após danos ao para-brisa da aeronave logo depois de decolar do Rio de Janeiro.

A aeronave envolvida no incidente foi o A320 registrado sob a matrícula PR-MYQ, operado pela LATAM Brasil, quando fazia o voo de número 3031, que parte diariamente do Aeroporto Internacional Tom Jobim, ou Galeão, com destino a Fortaleza, no Ceará.

O jato havia partido por volta das 15h00, mas, conforme é possível tomar conhecimento através do áudio da comunicação entre o piloto e o controlador de tráfego aéreo, teve seu para-brisa danificado após incidência de granizo no início da subida. Ouça o reporte no player a seguir:

Depois de reportar o problema, a tripulação do A320 é autorizada a manter a altitude de 14 mil pés (nível de voo “uno quatro zero”) que havia solicitado e a voar para um ponto específico em que havia melhores condições meteorológicas, para avaliar qual medida seria tomada devido ao dano ao para-brisa.

No áudio também é possível acompanhar que o piloto coordenava com o controlador o retorno do voo ao Galeão para pouso pela pista 15 (“uno cinco”), porém, dados da plataforma de rastreamento RadarBox mostram que, após três órbitas de espera, o A320 foi levado até o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte / Tancredo Neves, em Confins (MG), mantendo-se o nível de 12 mil pés.

O A320 em órbitas após o incidente – Imagem: RadarBox

Durante as três órbitas, que duraram cerca de 20 minutos, os pilotos possivelmente estavam executando procedimentos descritos nos manuais da aeronave para a situação em questão e contatando a empresa aérea para definir o melhor local a ser levado o A320, resultando no desvio a Confins ao invés do retorno ao Galeão (estrutura de manutenção e disponibilidade de aeronave reserva são exemplos de motivos considerados ao se decidir para onde seguir).

O voo pousou sem maiores intercorrências no Tancredo Neves às 16h17, cerca de 1 horas e 20 minutos desde a decolagem do RIOgaleão, e teve sua sequência até Fortaleza efetuada algumas horas depois com outro A320, de matrícula PR-TYM.

Consultada pelo AEROIN, a companhia aérea emitiu o seguinte posicionamento:

A LATAM Airlines Brasil informa que o voo LA 3031 (Rio de Janeiro-Galeão / Fortaleza), da tarde de ontem (16), alternou para o aeroporto de Confins por conta de manutenção corretiva. A aeronave pousou em completa segurança às 16h17. O voo seguiu viagem às 20h10 e pousou no destino final às 23h00.

A companhia lamenta os transtornos causados e reitera que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Acordo garante R$ 1,8 bilhão em investimentos para 6 aeroportos de...

0
Os aeroportos de Goiânia (GO), Palmas (TO), São Luís (MA), Imperatriz (MA), Teresina (PI) e Petrolina (PE) terão suas infraestrutura