A330neo da Azul apresenta pane durante aproximação para pouso em Bruxelas

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Avião Airbus A330-900 A330neo Azul Linhas Aéreas
Airbus A330-900neo da Azul Linhas Aéreas

Uma aeronave da Azul Linhas Aéreas enfrentou uma pane durante aproximação ao aeroporto internacional de Bruxelas, na Bélgica. O incidente ocorreu nesta terça-feira, dia 6 de abril, em um voo que saiu de Campinas, interior de São Paulo, com destino à cidade europeia.

Segundo informações apresentadas pelo The Aviation Herald, o Airbus A330-900 (A330neo) decolou do Aeroporto Internacional de Viracopos às 05h35 locais e, sem nenhuma intercorrência em rota, estava prestes a pousar e finalizar o voo de número AD-9997 quando apresentou uma pane.

A aeronave, registrada sob a matrícula PR-ANX, levava apenas sete tripulantes e nenhum passageiro no voo com duração de pouco mais de onze horas, em um serviço de transporte de cargas, apesar de ser um modelo de passageiros.

Voo AD-9997 de pouco mais de onze horas – Imagem: RadarBox

Na aproximação final à pista 25R do Aeroporto de Bruxelas, a tripulação do A330 realizou uma arremetida quando estava a cerca de 2.100 pés de altitude, relatando à torre de controle que havia problemas de nos flaps, relacionado à lógica do sistema dos flaps, e que eles haviam travado.

Em seguida, a aeronave subiu para 4.000 pés e entrou em órbitas de espera para que a tripulação pudesse consultar e trabalhar nos manuais e checklist do Airbus. Dados do RadarBox abaixo mostram a trajetória da aeronave em espera:

Imagem: RadarBox

Após realizar os procedimentos necessários e sem conseguir uma reversão da pane, a tripulação prosseguiu para o aeroporto e avisou à torre sobre a necessidade de apoio em solo, pois o A330 realizaria um pouso com velocidade acima do normal. Isso ocorre porque os flaps têm a função de aumentar a sustentação da asa, permitindo À aeronave pousar com menor velocidade enquanto a sustentação adequada é mantida.

A aeronave tocou o solo em segurança na pista 25R por volta das 20h30 UTC (17h30 de Brasília), quase 40 minutos após entrar em espera, com uma velocidade acima do normal, mas sem qualquer problema adicional.

Segundo a programação de voo da aeronave, o retorno ao Brasil deve ocorrer na tarde desta quarta-feira, 7 de abril, partindo de Bruxelas às 19h00 UTC (16h00 de Brasília).

Dados do sistema de voos da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) indicam que a Azul tem aprovação para realizar este serviço entre o Brasil e a Bélgica ao longo de todo o mês de abril, sempre partindo de Campinas para Bruxelas e depois retornando com destino ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, conforme a seguinte programação (todos os horários são de Brasília):

Voo AD9997
Aos domingos e às terças-feiras
Decola de Campinas às 05h00
Pousa em Bruxelas às 17h00

Voo AD9998
Às segundas-feiras e às quartas-feiras
Decola de Bruxelas às 16h00
Pousa em Guarulhos às 05h00 do dia seguinte

Todas as operações estão registradas na ANAC como voo “REGULAR DE CARGA INTERNACIONAL”, e sempre executadas com aeronaves modelo A330-900. Consultamos a Azul sobre estes voos, que disse:

A Azul informa que, ao longo do mês de abril, está operando voos por meio da Azul Cargo Express para atender às demandas de um de seus clientes, a DB Schenker. A operação está sendo feita em aeronaves Airbus A330, que estão partindo 2 vezes por semana de Viracopos para Bruxelas. Esse trabalho reforça a estrutura e flexibilidade da Azul para atender às necessidades de seus clientes e parceiros.

O Airbus A330-900 que está em Bruxelas é batizado de “Azul Around the World” e foi o penúltimo a ser recebido pela companhia, em novembro do ano passado, vindo direto da fábrica da Airbus em Toulouse, no sul da França. Além dele, a companhia possui mais 3 jatos do mesmo modelo, de matrícula PR-ANW, PR-ANY e PR-ANZ.

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Ex-Avianca, German Efromovich está envolvido na criação de uma nova empresa...

0
O empresário German Efromovich, ex-Avianca Holding, ainda quer negócios no setor aéreo e seu novo alvo parece ser a Itália.