Aer Lingus culpa atrasos na entrega do A321LR por adiamento de nova rota

A irlandesa Aer Lingus culpou os “atrasos de entrega de aeronaves” relacionados com os novos Airbus A321LR pela sua decisão de atrasar o lançamento do serviço de Dublin para Montreal, no Canadá.

Avião Airbus A321neo A321lr
Airbus A321neo LR

A companhia aérea ainda espera receber quatro A321LRs em 2019, como anunciado anteriormente, mas a rota canadense será lançada no verão europeu de 2020 (inverno brasileiro de 2020), em vez de em 8 de agosto deste ano, conforme planejado originalmente.

A Aer Lingus não forneceu uma explicação detalhada dos atrasos de entrega, mas afirma que a chegada tardia de aeronaves também causará uma “redução temporária da frequência em quatro rotas transatlânticas” durante o mês de julho. Essas rotas são: Dublin para Bradley, Minneapolis e Filadélfia, e Shannon para Nova York JFK.

“Esperamos que as quatro entregas do A321LR aconteçam em 2019”, diz a Aer Lingus. “As duas primeiras aeronaves estarão prontas para operação comercial no final do verão europeu, com as outras duas aeronaves programadas para chegar até o final de 2019”.

Isto também indica uma revisão do plano anteriormente anunciado pela companhia para seu primeiro A321LR, que entraria em serviço em sua rota Dublin-Hartford (EUA) a partir de 1º de julho.

Em dezembro, Bill Byrne, diretor de vendas globais e vice-presidente da Aer Lingus na América do Norte, disse ao FlightGlobal que a aérea estava esperando seu primeiro A321LR “bem antes de julho”.

Informações pelo FlightGlobal.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.