Aérea francesa muda de nome para evitar processo da JetBlue

A empresa aérea francesa de baixo-custo FrenchBlue irá mudar o seu nome para evitar um processo por parte da americana JetBlue, fundada pelo brasileiro David Neeleman.




Agora a FrenchBlue será a FrenchBee, em referência a sua logo em formato de abelha. A mudança será necessária para evitar confusões para os controladores aéreos, passageiros e até confusão das marcas, já que a JetBlue também utiliza a cor azul e tem a filosofia low-cost low-fare.

A FrenchBee irá iniciar o voo Paris – São Francisco – Taiti em 11 de maio. A cidade californiana possui grande presença da JetBlue, que opera tanto no San Francisco International quanto em Oakland, no outro lado da baía.

© Clément Alloing

“Depois de um ano de operações com voos para as Ilhas Reunião, nós fechamos um acordo com o Departamento de Transporte dos EUA (US DOT) e estamos procurando conquistar novos territórios, de maneira rápida e calma. Para evitar um processo longo e custoso com a JetBlue, nós decidimos mudar a nossa marca, que será adotada o mais rápido possível”, declarou a companhia em um press release.

A FrenchBee opera voos para as Ilhas Reunião e Punta Cana a partir do seu hub no Aeroporto de Orly, em Paris. Atualmente conta com um Airbus A350-900 e um A330-300 em sua frota. Além disso, é uma subsidiária da Air Caraïbes, aérea francesa baseada em Guadalupe e que conecta todo o caribe com a França. Veja abaixo como ficará a pintura da FrenchBlue com a nova marca FrenchBee:

Com informações do portal Aviation24.be

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias