Aérea iraniana será banida da Itália após pressão dos EUA

A Itália irá banir em breve uma companhia aérea iraniana, após pressão dos EUA, que acusa a empresa de apoio aos inimigos na Síria.

Airbus A340 Mahan Air Aérea Iraniana
Airbus A340-300 da Mahan Air © Divulgação

A Mahan Air é acusada de transportar pessoal e equipamentos militares para ajudar o regime do ditador Bashar Al Assad, presidente sírio e que lidera uma guerra contra rebeldes com apoio da Rússia.

Desde a descoberta deste fato, o governo dos Estados Unidos tem pressionado seus aliados na OTAN para fazer um boicote junto à Mahan Air, segundo reporte da Reuters.

Alemanha e França já baniram a Mahan, que recentemente trouxe um Boeing 747, que estava há nove anos parado, de volta à sua frota, inclusive pretendendo aumentar os voos para a Itália.

O voo Teerã – Milão foi lançado em 2015 e desde então é feito com o Airbus A340-300. A companhia aérea iraniana estará banida dos céus italianos a partir do meio de dezembro, em data exata ainda a ser definida.

Vale lembrar que a Mahan Air também já foi acusada de apoiar o governo do ditador Nicolás Maduro em um voo suspeito, relembre:

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos