Início Empresas Aéreas Companhia aérea transforma colete salva-vidas em bolsas para aumentar sua receita

Companhia aérea transforma colete salva-vidas em bolsas para aumentar sua receita

Divulgação

A companhia aérea Thai Airways decidiu inovar e reciclar um material que iria normalmente para o lixo, transformando-os em bolsas para aumentar sua receita. É claro que o arrecadado com a venda do acessório no varejo não será capaz de reverter a situação financeira complexa da empresa nacional tailandesa, mas mostra como materiais de diferentes origens podem ser transformados e ter uma vida útil ampliada, contribuindo com a sustentabilidade.

No caso, as peças recicladas são os coletes salva-vidas, essenciais para os aviões em casos de emergência envolvendo pousos pouso na água. Felizmente, dada a segurança da aviação e dos voos comerciais, eles são minimamente usados e alguns jamais entram em contato com a água durante toda sua vida.

Os coletes não são simples boias infláveis, mas contam com um botão para inflar de maneira automática, além de apito e uma luz sinalizadora, que é acionada quando entra em contato com a água e que, portanto, ajuda na localização de sobreviventes de acidentes. Tudo isso serve para evitar que pessoas que tenham sobrevivido ao acidente, não sejam localizadas ou resgatadas.

E como qualquer coisa fabricada, estes coletes têm um prazo de validade. Com isso, a Thai Airways decidiu não jogá-los fora, mase sim transformá-las em sacolas. Desde pequenos estojos de lápis e caneta por $12,5 dólares (R$71) até uma grande sacola de $160 dólares (R$919), é possível ter um pedaço real de um colete salva-vidas de avião.

Todos as peças já estão disponíveis para pré-venda no site da companhia clicando aqui.

Divulgação
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A