AeroMexico aumenta pedido de Boeing 737 MAX em mais 12 unidades

A maior companhia aérea mexicana, a AeroMexico, aumentou em 12 unidades seu pedido de aeronaves Boeing 737 MAX, tendo em vista sua estratégia de recuperação do mercado aéreo nacional.

Boeing 737 MAX Aeromexico – Imagem: Aeromexico

O acordo para este pedido foi assinado com a DAE (Dubai Aerospace Enterprise), de quem a AeroMexico alugará o total de 12 aeronaves 737 MAX. De acordo com a Airline Weekly, os termos financeiros deste acordo ainda são desconhecidos.

Segundo nosso parceiro Aviacionline, a AeroMexico aproveita a atual situação em que há aumento na demanda por viagens turísticas, observando a possibilidade de novo crescimento no mercado nacional e regional.

Conforme o comunicado da própria companhia aérea, este acordo para 12 aeronaves MAX se soma aos 24 já encomendados em abril passado, totalizando 36 unidades, além dos outros 4 jatos de corpo largo 787-9 também anunciados naquele mês.

“A AeroMexico continua sua estratégia de ter a frota mais segura, moderna, eficiente e menos poluente. A incorporação de novas aeronaves nos permitirá continuar fortalecendo a conectividade em nossos principais centros operacionais para atender a demanda de nossos clientes com as melhores aeronaves, o melhor serviço e uma família de tarifas que se ajusta às suas necessidades de viagem”, comentou Nicolás Ferri, Vice-Presidente Executivo Comercial.

Este acordo com a DAE é um negociação sujeita à aprovação do Tribunal dos Estados Unidos devido à apresentação que a AeroMexico fez perante o tribunal de falências para o processo voluntário de reestruturação financeira da empresa nos termos do Capítulo 11.

Atualmente, a companhia aérea mexicana possui uma frota total de 118 aeronaves, a maioria de fuselagem estreita. É composto por 47 Embraer 190s, 53 Boeing 737s e 18 Boeing 787 Dreamliners.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias