AeroMexico consegue o que a Latam está tentando no Tribunal de Nova Iorque

Avião Boeing 787 Aeromexico

O Grupo AeroMexico informou hoje que o Tribunal de Falências dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova Iorque, a cargo do seu processo de reestruturação financeira voluntária (Capítulo 11) aprovou uma extensão de 75 dias corridos no período que a companhia tem para propor um plano de reorganização. O Tribunal aprovou a prorrogação em razão, entre outros motivos, do bom andamento da reestruturação da Companhia.

“A Aeromexico continuará buscando, de maneira ordenada, sua reestruturação financeira voluntária por meio do Capítulo 11, enquanto continua operando e oferecendo serviços a seus clientes e contratando de seus fornecedores os bens e serviços necessários para as operações”, disse a empresa em nota. 

“A Companhia continuará fortalecendo sua posição financeira e liquidez, protegendo e preservando suas operações e ativos, e implementando os ajustes necessários para mitigar os efeitos do COVID-19”, completou.

Esse pleito, da extensão do prazo para apresentação do plano de reorganização, é exatamente o que a Latam Airlines procura. A empresa pediu postergação outras duas vezes e uma decisão sobre empurrar a data-alvo deve sair até o final desse mês.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Torre de controle de aeroporto mexicano inclina e está sendo comparada...

0
O arquiteto da obra no aeroporto mexicano, Axel Belfort, se pronunciou indignado nas redes sociais, depois que uma foto da torre inclinada