Início Acidentes e Incidentes Aeronave comercial cai minutos após a decolagem e vitima todos a bordo

Aeronave comercial cai minutos após a decolagem e vitima todos a bordo

LET 410 UVP-E semelhante ao envolvido no acidente – Imagem: Kin Avia

Uma aeronave bimotor para transporte de curto alcance, que levava dois tripulantes e um passageiro, acabou caindo logo após a decolagem na manhã de ontem, dia 16 de junho.

Segundo dados obtidos através do The Aviation Herald, a aeronave envolvida foi o Let L-410 Turbolet registrado sob a matrícula 9S-GRJ, que pertence à companhia Kin Avia e iria realizar um voo de Kavumu para Shabunda, na República Democrática do Congo.

A aeronave teria decolado às 09h15 UTC do Aeroporto de Kavumu levando, além do passageiro, 1,6 tonelada de chapas metálicas. Após três minutos da decolagem do aeroporto, o bimotor caiu em um descampado, vitimando fatalmente todas as pessoas a bordo e destruindo completamente o avião.

Fotos tiradas logo após o acidente mostram a aeronave completamente em destroços. Veja abaixo:

Destroços da aeronave após impacto com o solo
A aeronave caída no descampado em Kavumu

Já na noite de ontem, o Ministério dos Transportes da República Democrática do Congo confirmou através de um comunicado o acidente fatal, dizendo que após a decolagem a aeronave começou a desviar de sua rota inicial, até impactar com o solo. As autoridades estão investigando as causas do acidente.

A companhia aérea

A companhia aérea possui uma frota de 4 Aeronaves LET 410 UVP-E com 18 lugares para passageiros, 1 Beechcraft 1900D com 12 assentos VIP’s para realizar voos charters em todo o país e, por fim, 1 Dash 8-102 de 35 passageiros para fretamentos, que ainda está em vias de ser entregue à empresa.

A aeronave envolvida no acidente

O LET 410 UVP-E é uma aeronave de fabricação tcheca, movido por 2 motores American General Electric. O desempenho e robustez do bimotor permite que ele realize pousos em pistas de apenas 700 metros, pavimentada ou não, tornando o avião ideal para o interior do Congo.

No Brasil, o modelo já foi utilizado por empresa regionais como Cruiser, Litorânea, NHT, Noar, Sol e Team.

Outros acidentes com o Let L-410 Turbolet

Em agosto de 2020, um acidente envolvendo um Let L-410 Turbolet ocorreu após partir do mesmo aeroporto e vitimou 4 pessoas. Na ocasião, a aeronave que caiu na selva no leste da República Democrática do Congo pertencia à Agefreco Air.

Já no dia 2 de março desde ano, um Let L-410 caiu no Sudão do Sul, país também da África, sem deixar sobreviventes. A aeronave pertencia à South Sudan Supreme Airlines e levava 2 tripulantes e 8 passageiros. Relembre no título abaixo o acidente:

Sair da versão mobile