Início Indústria Aeronáutica Aeronave Lilium, que a Azul usará, poderá fazer até 25 voos por...

Aeronave Lilium, que a Azul usará, poderá fazer até 25 voos por dia, prevê a fabricante

Imagem: Lilium

A Lilium NV e a ABB E-Mobility anunciaram nesta semana planos para a ABB fornecer a infraestrutura de carregamento para a rede aérea regional de alta velocidade de Lilium, prevista para lançamento comercial em 2024.

A Lilium anunciou redes de lançamento planejadas nos Estados Unidos, Alemanha e Brasil, este último em função de um acordo com a Azul Linhas Aéreas para a possível operação de até 220 unidades da aeronave elétrica Lilium Jet de pouso e decolagem na vertical (eVTOL).

Como parte do acordo anunciado nesta semana, a ABB desenvolverá, testará e fornecerá a infraestrutura de carregamento rápido MegaWatt para os tempos de resposta necessários para a aviação elétrica. Os pontos de carregamento da ABB são projetados para carregar totalmente as baterias em aproximadamente 30 minutos e carregar até 80% em 15 minutos, permitindo os 20-25 voos por aeronave por dia planejados através da rede vertiport global da Lilium.

O alcance inicial de um Lilium Jet de 7 lugares deve ser de 155 milhas (250 quilômetros) com uma velocidade de cruzeiro de 175 mph (280 km/h).

Imagem: Lilium Jet

Frank Muehlon, presidente da Divisão de E-Mobility da ABB, disse: “Vemos esta parceria planejada como um compromisso importante com todos os padrões de carregamento relevantes que são adotados por vários fabricantes de veículos elétricos. Ao suportar o novo padrão de carregamento MegaWatt, a ABB E-Mobility está abrindo caminho para a eletrificação de todos os meios de transporte, de carros e caminhões a embarcações marítimas, veículos de mineração e, agora, aviação.”

Em 2019, as emissões globais de CO₂ de todas as operações aéreas comerciais totalizaram 918 milhões de toneladas, um aumento de 29% desde 2013. Com o transporte de passageiros sendo responsável por 780 milhões de toneladas, ou 85%, das emissões totais das operações aéreas, a descarbonização do transporte é um passo vital para combater as mudanças climáticas e construir um futuro mais sustentável.

Daniel Wiegand, CEO e cofundador da Lilium, acrescentou: “Acreditamos que a descarbonização da aviação é urgente e inevitável. Garantir que temos a infraestrutura de carregamento certa desempenhará um papel crucial na habilitação de nossa rede aérea regional de alta velocidade, permitindo um carregamento rápido e eficiente. Temos orgulho de trabalhar com a ABB, que traz décadas de experiência em eletrificação e software, para definir o padrão da indústria de carregamento para a aviação elétrica.”

A rede aérea regional será composta por uma série de vertiports, que contarão com múltiplas baias de estacionamento e pontos de recarga de alta potência. O MegaWatt Charging System (MCS), infraestrutura a ser desenvolvida no âmbito da parceria prevista, permitirá a recarga por corrente contínua (DC) de até 1000 kW e também poderá ser utilizado em veículos elétricos pesados, como caminhões e ônibus.

CharIN, a organização que promove a interoperabilidade baseada no Combined Charging System (CCS) como o padrão global para carregamento de veículos de todos os tipos, iniciou a Força-Tarefa “Megawatt Charging System” em 2018 para preparar o padrão internacional de carregamento para veículos comerciais de alta potência.

A parceria permanece sujeita à finalização dos termos comerciais das partes e da documentação definitiva relativa a eles.

Informações da Lilium

Sair da versão mobile