Aeroporto lança serviço para pedido de comida e outros itens no portão de embarque

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Aeroporto Boston Logan
Aeroporto de Boston – Imagem: David Wilson / CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

O Aeroporto Internacional de Boston-Logan, nos Estados Unidos, anunciou em 16 de fevereiro que passou a contar com o BOS2GO, uma plataforma de pedidos online que oferece aos passageiros um serviço conveniente e sem contato para pedir comida e itens essenciais de viagem.

O BOS2GO oferece uma experiência simplificada onde os passageiros podem visitar o site de qualquer dispositivo móvel ou eletrônico e pedir comida ou itens de varejo de qualquer terminal para coleta ou entrega em um portão de embarque designado.

“Continuamos a elevar a experiência dos viajantes com opções digitais aprimoradas, mantendo a segurança em mente. Ao apresentar o BOS2GO, esta plataforma online inovadora fornecerá refeições convenientes e sem contato e ofertas de varejo exclusivas para nossos passageiros, tornando-as fáceis e confortáveis ​​para aqueles que estão viajando pelo Boston-Logan”, disse Paul McGinn, presidente da MarketPlace Development, empresa responsável pela plataforma digital.

Os viajantes poderão fazer pedidos dos comércios locais favoritos, como B.GOOD, Bruins Bar, Lucca, Mija Cantina & Tequila Bar, Monica’s Mercato e Wahlburgers, além de opções nacionais como Peet’s Coffee, Camden Foods, e Wolfgang Puck Pizza. Mais restaurantes e ofertas de varejo serão adicionados nos próximos meses.

Informações da Marketplace Development

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Governo Dória publica edital de concessão para 22 aeroportos regionais paulistas

0
O Governo de SP lança o edital de concorrência internacional para leilão da concessão dos 22 aeroportos regionais, atualmente administrados