Aeroporto construído em 6 meses no Ártico acaba de receber o primeiro voo

Foto: Novatek

No dia 17 de junho, a equipe da Novatek, maior produtora independente de gás da Rússia, celebrou nas redes sociais o pouso de um avião Antonov AN-26 da UTAir no aeroporto de Utrenneye, no extremo norte da Península de Gydan. O voo proveniente rota Tyumen foi o primeiro a pousar na nova pista construída para aviões de pequeno e médio porte.

O Aeroporto de Utrenniy tem uma pista de 1.550 metros construída para o transporte durante todo o ano de pessoal rotativo para o campo de exploração e foi projetado para receber e atender aeronaves de pequeno e médio portes. Acredita-se que o novo aeroporto receberá aeronaves dos tipos An-24, An-26, ATR-42, ATR-72, Dash-6-400, Dash-8 e L-410, chegando de várias cidades na região.

Os aviões também devem substituir os helicópteros em voos mais curtos partindo de Sabetta para Utrenniy, duas bases da Novatek, o que reduzirá significativamente a dependência das condições meteorológicas, aumentará o nível de segurança de voo, bem como otimizará os horários de mobilização de pessoal no projeto.

O novo aeroporto é uma peça-chave da infraestrutura construída como parte do grande projeto de gás natural da Novatek, Arctic LNG 2. Ele é inaugurado apenas meio ano após os consultores estatais russos aprovarem a construção do objeto, diz o Barents Observer.

Milhares de pessoas estão agora engajadas na construção do Arctic LNG 2, que deverá estar pronto para operar no período de 2023-2024. O projeto inclui a construção de um grande porto marítimo e terminal que abrigará as estruturas de produção. O Arctic LNG 2 é o segundo projeto principal da Novatek no Ártico. O Barents Observer diz que ele segue o Yamal LNG que foi lançado no final de 2017 e, quando estiver em pleno funcionamento, produzirá um volume anual de 19,8 milhões de toneladas de gás natural liquefeito.

Os investimentos de capital são estimados em US$ 21,3 bilhões, e os sócios são Novatek (60%), Total (10%), CNPC (10%), CNOOC (10%) Mitsui & Co, Ltd. e JOGMEC (10%).

Imagem: Google Earth
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Decisão da Europa sobre a aviação é “fora da realidade”, condena...

0
A IATA classificou a decisão como "fora de sintonia com a realidade" e argumentou que a Comissão ignorou o conselho e as evidências.