Aeroporto de Brasília recebe casais para ensaio fotográfico

O Aeroporto de Brasília recebeu oito casais na manhã deste sábado (9) para produção de fotos em áreas restritas do Terminal aéreo. A organização do evento contou com maior número de participantes devido às ricas histórias de amor inscritas por meio do hotsite criado especialmente para o evento. No total, cerca de 80 casais se inscreveram para a primeira edição do evento e oito deles foram selecionados após se candidatarem contando sua história de amor. Todas tinham como pano de fundo o Aeroporto de Brasília, seja como conexão onde eles se encontram, ou como o local onde ocorreu o primeiro beijo ou um pedido de casamento.




Ao longo de quatro horas, os 16 participantes conheceram a Sala VIP Doméstica do aeroporto, o pátio de aeronaves e uma das pistas de pouso e decolagem. Estas áreas são restritas para acesso do público por questões de segurança da aviação civil e a visitação somente foi permitida porque a Inframerica avaliou os antecedentes criminais de cada participante e disponibilizou equipe para assistir e monitorar o evento.

Para os casais, a experiência inédita e única foi uma oportunidade de ficar perto das aeronaves que levam e trazem os seus amores. Como a maioria deles mantém relacionamentos à distância, a Inframerica decidiu abrir as portas do maior hub de voos domésticos do país para que eles realizassem um sonho.

Dois casais participantes saíram do Aeroporto com alianças de noivado nas mãos. A experiência fica marcada na memória e o Aeroporto planeja outra ação para o ano que vem, dando chance a outros casais que têm o mesmo sonho. A iniciativa teve como motivação o grande número de pedidos de autorização para produção de imagens nas áreas públicas e restritas do Aeroporto. Todo mês a concessionária recebe cerca de 15 solicitações.

Nesta primeira edição, os fotógrafos Felipe Menezes e Daniel Zukko cobriram o evento e produziram as fotografias que promovem a ação para o próximo ano. Esta edição contou com o apoio da GOL Linhas Aéreas em permitir o acesso a uma área próxima a uma de suas aeronaves. A Dufry e a MAC também apoiaram com a cessão de duas maquiadoras e de produtos exclusivos da loja para a produção dos participantes.

Pela Assessoria de Imprensa da Inframérica

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos