Aeroporto de Caçador (SC) terá gestão comercial da Infraero

Aeroporto de Caçador (SC) – Imagem: Google Maps

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) informa que vai prestar serviços de gestão comercial no Aeroporto Municipal Dr. Carlos Alberto da Costa Neves, de Caçador, em Santa Catarina. O contrato assinado com a Prefeitura da cidade tem vigência de 24 meses, podendo ser prorrogado. 

O contrato prevê que a Infraero realize ações como definição do mix comercial, elaboração do Plano Geral de Mídia (publicidade) para o Terminal de Passageiros, fomento da atividade de logística de cargas (doméstica), prospecção de novos negócios, entre outras funções. 

Uma gestão comercial eficaz traz facilidades para os clientes que passam pelo aeroporto ao ofertar serviços variados e necessários para os viajantes, além de contribuir com a geração de emprego e renda. Para o aeroporto, significa melhor geração de receitas que traz equilíbrio para suas despesas, contribuindo para torná-lo sustentável.

Imagem: Prefeitura de Caçador

“Temos prestado serviços em diversas áreas aeroportuárias e essa será a primeira experiência na gestão comercial, o que demonstra a competência da Infraero. Podemos oferecer soluções customizadas e planejadas de acordo com as necessidades de cada aeroporto”, destaca o superintendente de Negócios da Infraero, Rodrigo Medeiros. 

Em 2020, a Infraero já havia sido contratada pela Prefeitura de Caçador para a elaboração de Plano Diretor e de estudo preliminar e projeto básico para a recuperação e sinalização horizontal da pista de pousos e decolagens do terminal catarinense.

Ampliação do Aeroporto

No início deste mês de setembro, a prefeitura de Caçador recebeu propostas das empresas interessadas em elaborar o projeto executivo e realizar as obras de ampliação do Aeroporto Carlos Alberto da Costa Neves.

A licitação foi autorizada pela Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura (SAC/MInfra) em maio e prevê investimento de R$ 13.383.626,65 milhões, do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC), para a implantação de faixas de pista e áreas de segurança.

A intenção inicial do município é manter no terminal a operação regular de aeronave comercial bimotora (ATR72) e, futuramente, também de aeronaves a jato.

Veja todos os detalhes sobre as obras previstas clicando aqui.

Com informações da Infraero e da Prefeitura de Caçador

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Mais de 60 passageiros chegando da África testaram positivo para Covid...

0
Voos da holandesa KLM que foram retidos ontem após o desembarque tiveram ao menos 61 casos positivos para o Coronavírus.