Início Aeroportos Aeroporto de Caruaru receberá mais de R$ 20 milhões em investimentos

Aeroporto de Caruaru receberá mais de R$ 20 milhões em investimentos

Cessna Caravan chegando ao aeroporto de Caruaru – Imagem: Seinfra-PE

Após realizar a reforma do terminal do Aeroporto Oscar Laranjeiras, em Caruaru, iniciada em novembro de 2020 e concluída em maio, e que possibilitou a inauguração de voos comerciais regulares, o Governo de Pernambuco divulgará, neste sábado (19), o edital para contratação da empresa que ficará a cargo da elaboração do projeto para expansão da infraestrutura do equipamento para receber aeronaves de grande porte.

Com investimento de no máximo R$ 1.071.076,71, a iniciativa prevê a elaboração do projeto básico para ampliação da estrutura do equipamento, incluindo, a expansão do terminal de passageiros, a seção contra incêndio, o pátio de aeronaves, pista de pouso e decolagem e taxiways; o Plano Diretor do aeroporto; e, ainda, os estudos de viabilidade técnica, preliminar, topográficos e geotécnicos.

Após essa etapa, será possível contratar as referidas obras com recursos estaduais estimados em R$ 20 milhões.

A secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, explica que a administração do Aeroporto de Caruaru é delegada ao Governo do Estado, que vem trabalhando em todo o planejamento para requalificar e possibilitar que, nos próximos dois anos, haja o incremento do número de operações comerciais e na capacidade para receber aeronaves maiores.

“Essa iniciativa é estratégica para atrair ainda mais novos empreendimentos e impulsionar a geração de empregos e renda na região do Agreste, que já vem registrando um crescimento econômico significativamente grande nos últimos anos, principalmente, pela produção do polo têxtil”, ressalta a gestora.

Outra ação que está em andamento e é fundamental para operação de voos comerciais no município é a aquisição e a instalação da estação meteorológica e de superfície automática (EMS-A).

O equipamento, que envia, em tempo real, as informações climáticas para o piloto e o responsável pelo tráfego aéreo para auxiliar nas operações de pouso e decolagem, foi adquirido com apoio de emenda parlamentar e deve chegar ao Brasil ainda neste mês de junho. A expectativa do órgão estadual é que implantação da estação aconteça no segundo semestre pela Secretaria de Aviação Civil (SAC).

No planejamento do Estado para o fomento da aviação regional e a ampliação da sua capacidade logística está a realização da implantação do novo balizamento noturno com fonte de energia solar. Essa ação consiste na troca do farol rotativo, da biruta e iluminação da pista e do pátio das aeronaves, que se encontram degradados, além da recuperação do muro e da inserção de concertina e a aquisição de equipamentos como pórticos, scanner e esteira, que são essenciais para a segurança aeroportuária. A iniciativa encontra-se em tratativas de convênio com a SAC e possui a previsão de aporte de R$ 2,5 milhões.

“O Governo de Pernambuco tem estabelecido um forte diálogo e articulação junto aos órgãos federais para o planejamento estratégico das ações voltadas para a captação desse recurso, que proporcionará as condições necessárias para alcançar o objetivo de voos comerciais com aeronaves de porte maior, que comporte, por exemplo, 72 passageiros ou mais”, ressalta a titular da pasta, Fernandha Batista.

Ainda de acordo com ela, o Estado tem um grande potencial de desenvolvimento e a cidade de Caruaru possui importância regional como polo econômico de 64 municípios vizinhos. A ampliação da infraestrutura aérea local impactará positivamente na realidade de mais de 1 milhão de habitantes.

As operações comerciais da Azul no Aeroporto de Caruaru foram iniciadas no dia 11 de novembro 2020, com duas frequências em aviões Cessna Grand Caravan com capacidade para nove passageiros. De dezembro de 2020 até maio deste ano, o Oscar Laranjeira recebeu, ao todo, 192 voos, totalizando 1.111 embarques e 816 desembarques.

Entregue em maio, as ações de melhoria no anexo do prédio do aeroporto contaram com investimento de R$ 611 mil do Estado. Entre os serviços realizados estão a climatização do local, inclusão de rampa de acessibilidade e banheiro adaptado para uso de portadores de algum tipo de deficiência ou com mobilidade reduzida, além de sala de inspeção para revista detalhada.

Informações da Seinfra-PE